Estado lança campanha contra o Aedes

 

 

O Governo de Minas lançou, ontem, em Belo Horizonte, a nova campanha de comunicação para controle e enfrentamento do Aedes. Com o conceito “Com o Aedes não se brinca”, a campanha tem como objetivo mobilizar a população para as ações de prevenção e controle do vetor transmissor da dengue, zika e chikungunya.

No Estado, cerca de 90% dos criadouros do mosquito transmissor estão dentro dos domicílios. Por isso, além de levar informações sobre os principais meios de controle do Aedes, por meio da eliminação de água parada, a campanha tem como foco fazer com que a população adote hábitos constantes de prevenção. Entre as novidades trazidas pela nova campanha está o estímulo à atuação das crianças como mobilizadoras, engajando toda a comunidade em ações simples e constantes de eliminação dos focos do mosquito. 

De acordo com o subsecretário de Vigilância e Proteção à Saúde da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MG), Rodrigo Said, o Estado tem trabalhado em ações articuladas entre poder público e sociedade, reconhecendo o papel de protagonista que cada cidadão tem no controle do mosquito.

— Precisamos lembrar que nesse período que vai de outubro até maio do próximo ano, temos todas as condições ambientais, sociais e econômicas favoráveis para altas densidades do mosquito. Além da intensidade do vetor, temos a introdução de um novo vírus sem a proteção da população, que é o caso da Chikungunya. Por isso, preparamos uma mobilização grande para todo o estado para desenvolver ações específicas de mobilização junto com a população — afirma.

Crianças

O coordenador de Mobilização Social e Publicidade e Propaganda da SES-MG, Joney Fonseca, explicou o conceito da campanha, que incentivará a participação das crianças nas atividades de controle do mosquito.

— Sabemos que as crianças são mobilizadoras natas, porque além de assimilarem a informação, têm a capacidade de influenciar as pessoas que estão ao seu redor a agirem também. Além disso, é uma campanha em que trazemos a inclusão racial, social, de identidade de gênero e diferentes faixas etárias — revela

A nova campanha será veiculada de 25 de outubro a 13 de novembro de 2017 em todo o estado, na TV aberta e em todas as emissoras de rádio AM e FM do estado. Além disso, a veiculação será feita por meio de outdoors, backbus, redes sociais da SES-MG, além da distribuição de material gráfico para o interior do estado. O site www.saude.mg.gov.br/aedes também está sendo relançado com informações sobre as doenças transmitidas pelo Aedes, controle, prevenção, dados e notícias.

 

Comentários
×