Estado define cota mínima inicial para o parcelamento do 13º

Da Redação

O governo do Estado informou que definiu que a cota mínima inicial para o parcelamento do 13º dos servidores estaduais será de R$ 300.

Com isso, dos 720.003 servidores estaduais ativos, inativos e pensionistas que têm direito ao benefício salarial, 351.377 já terão todo o pagamento do 13º salário quitado em julho. Essa medida vai antecipar a conclusão do pagamento antes do previsto, inicialmente, para ser feito em 11 parcelas mensais até dezembro de 2019. 

Conforme houver a quitação dos pagamentos, o valor da parcela será ampliado gradativamente para reduzir o número de parcelamentos e ampliar a quantidade de beneficiados. A partir de maio, a previsão é que a cota mínima para ser paga aos servidores pelo 13º de 2018 seja elevada para R$ 400. Em julho para R$ 500, em agosto, para R$ 600, e em setembro, para R$ 800, o valor da parcela.

A Secretaria de Fazenda fez uma matriz para ser aplicada a partir deste mês de fevereiro. A primeira parcela de R$ 300 já será paga para todos os servidores no dia 21 de fevereiro, data de depósito da primeira cota do 13º.

Com esse valor mínimo de R$ 300 no parcelamento mensal do 13º, já em fevereiro, 28.687 servidores terão o valor quitado integralmente logo no primeiro mês de parcelamento escalonado. Isso acontecerá porque há pensionistas, por exemplo, que recebem o benefício de forma fracionada por haver mais de um beneficiário que recebem a pensão de servidor (a) já falecido (a).

Comentários
×