Estado confirma dificuldades financeiras para concluir Hospital Regional

Da Redação

A secretaria de Estado da Saúde (SES) afirmou oficialmente nesta sexta-feira, 1º, que as obras do Hospital Regional estão paradas por falta de dinheiro no Estado. Em um ofício enviado ao prefeito de Divinópolis, Galileu Machado, o chefe de Gabinete de Minas, Lisandro Carvalho de Almeida Lima, confirma dificuldades financeiras.

No documento, divulgado pela prefeitura durante a tarde, Lisandro diz que tem se empenhado para disponibilizar os recursos financeiros para a saúde e as "obrigações, até então inadimplidas com os municípios e instituições".

Recentemente, durante uma audiência pública na Assembleia Legislativa, em Belo Horizonte, técnicos da SES tentaram justificar a interrupção na obra sob a alegação de que o atraso havia se dado por falta de licitação providenciada pela Prefeitura.

— A mensagem é uma resposta aos constantes questionamentos do prefeito Galileu Machado, que tem cobrado um posicionamento do Estado em relação ao término das obras. O governo mineiro alega que as dificuldades financeiras ocasionaram a indisponibilidade financeira para o pagamento de convênios e repasses formalizados. O documento é datado e 21 de novembro de 2017 — diz a Prefeitura. 

As obras foram interrompidas em julho do ano passado, quando 80% da edificação estam concluídos.

Comentários
×