Estado busca soluções tecnológicas contra a evasão escolar

Da Agência Minas

Qual a melhor solução tecnológica para identificar e impedir a evasão de alunos do ensino médio em Minas Gerais? Esse é o questionamento levantado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede), por meio do Programa Hub MG, que, em parceria com a Secretaria de Educação (SEE), foi selecionada pelo Global EdTech Startup Awards (GESAwards), considerado a maior competição de startups de EdTech do mundo.

O desafio foi lançado nesta terça-feira, 7, por meio de transmissão ao vivo feita com representantes de 23 países. Até agosto de 2020, startups de todo o mundo com soluções tecnológicas podem se inscrever, escolhendo um dos seis desafios propostos: That’s Geography, Let’s Talk Data, School Dropouts, R&D Innovatin, Learn & Connect e Human-Machine Pedagogy.

As cinco startups finalistas na temática School Dropouts terão a oportunidade de fazer uma imersão no Brasil. 

Neste ano, o país será representado por Minas Gerais, que foi selecionado por apresentar um desafio relevante e complexo: a identificação e redução da evasão escolar.

Números expressivos

Os números apresentados ao programa justificam a escolha. Minas possui a segunda maior rede pública de Educação do Brasil, com 1,8 milhão estudantes distribuídos em 3.617 escolas. Em 2018, 82 mil alunos abandonaram a escola no estado. Desses, 75% são do ensino médio.

Para essa realidade, as startups finalistas terão a oportunidade de se aprofundar no sistema público de ensino de Minas Gerais e apresentar soluções para os gestores. A ideia que tiver maior probabilidade de mitigar a evasão escolar receberá até US$ 100 mil, aportados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para testar sua solução junto ao Governo do Estado, além de ter exposição global no ecossistema EdTech, realizar conexões com o ecossistema de inovação mineiro, desenvolver seus negócios e participar do programa de aceleração que acontecerá em Israel, na etapa subsequente do programa.

Escala global

Para o diretor de Fomento ao Ecossistema de Inovação da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sede), Pedro Vaz, este é um dos desafios que o Governo de Minas tem e que pode ser sanado por meio de soluções tecnológicas em escala global.

― O Hub MG, além de apoiar a conexão de médias e grandes empresas mineiras com soluções tecnológicas ao redor do mundo, agora conecta desafios do setor público com startups e pesquisas científicas. Esta é uma importante iniciativa para o governo e uma grande oportunidade para o ecossistema de startups de Minas. As EdTechs (startups de educação) correspondem ao segundo maior setor desse segmento no estado, de acordo com o Cadastro do Ecossistema de Inovação realizado pelo Sistema Mineiro de Inovação (Simi) ― afirma.

Essa iniciativa é uma parceria da Sede (Hub MG), SEE, BID, Fundação Lemann e Imaginable Futures.

Hub MG

O Hub MG é um programa de inovação aberta que apoia o setor público e as médias e grandes empresas mineiras a se manterem inovadoras, conectando desafios relevantes a soluções tecnológicas ao redor do mundo, por meio do Ciclo de Inovação Aberta. 

O Ciclo de Inovação Aberta do Hub MG tem duração média de cinco meses e envolve a definição e aprofundamento do desafio levantado pela organização; a prospecção e avaliação de soluções tecnológicas ao redor do mundo que sejam capazes de mitigar o desafio apresentado; a conexão das soluções mais aderentes à organização; a realização de testes pagos da organização para a solução tecnológica e o acompanhamento dos testes realizados.

O Hub MG já atendeu a 30 organizações no Ciclo de Inovação Aberta com a realização de 33 testes de soluções tecnológicas.

GESAwards

O Global EdTech Startup Awards (GESAwards) é a maior competição de startups da EdTech do mundo. Iniciada pela MindCET (Israel), a GESA foi cofundada pelo Open Education Challenge (EU) e pela EdTech UK em 2014. Mais de 3,5 mil startups de todo o mundo se inscreveram no GESAwards, pela oportunidade de receber uma voz global e ser eleita como a startup mais promissora da EdTech do ano. 

Além de promover as melhores startups da EdTech, o GESAwards ajuda a criar ecossistemas locais da EdTech, conectar-se a um mercado global e fornecer orientação. 

 

Comentários
×