Estado abre nova turma do curso de Liderança para Retomada Econômica

Capacitação para prefeituras proporciona identificação, criação e entrega de soluções para recuperação financeira pós-covid-19

Da Agência Minas

Estão abertas, até dia 10 de julho, as inscrições para a 4ª turma do programa de Liderança para a Retomada Econômica (LRE). O curso, 100% on-line e gratuito, desenvolvido pela Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho, da Fundação João Pinheiro (FJP), e pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede), capacita gestores municipais no desenvolvimento das competências necessárias à identificação, criação e entrega de soluções para recuperação econômica pós-covid-19.

O programa também apoia prefeitos, secretários de Desenvolvimento Econômico e outras lideranças econômicas locais no planejamento, criando ações concretas para superação deste difícil momento da economia nacional. De acordo com o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, o objetivo é promover a capacidade de atrair investimentos, desenvolver negócios e impulsionar a geração de empregos por meio de políticas econômicas de sucesso.

Nova rodada

No sábado (19/6), o Programa de Liderança para a Retomada Econômica (LRE) iniciou a 3ª turma com 25 municípios participantes, entre eles Betim, Uberlândia, Sabará e Taiobeiras. “Nosso planejamento é capacitar 300 lideranças, de 150 cidades, em seis turmas ainda neste ano de 2021. Queremos apoiar as prefeituras na atração de empresas, fortalecendo, ainda mais, nosso estado como o melhor lugar para se investir”, afirma Fernando Passalio.

Além da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e a FJP, o programa também conta com o apoio da Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte (ARMBH), da Agência de Promoção de Investimento e Comércio Exterior de Minas Gerais (Indi) e da Associação Mineira de Municípios (AMM).

Sobre a seleção

A seleção dos participantes é feita a partir de critérios econômicos e sociais, observando perfis municipais similares para estruturação das turmas, como critérios populacionais e regionais. 

Podem se inscrever prefeitos, vice-prefeitos e secretários de Desenvolvimento Econômico (ou correlatos em municípios que não tenham essa secretaria em sua estrutura). Será considerada apenas uma inscrição por município, devendo constar nela os dados de dois participantes, obrigatoriamente, prefeito, vice-prefeito ou secretário de Desenvolvimento (ou correlatos). Não são aceitas inscrições de membros das equipes das prefeituras.

Para saber mais e se inscrever, clique aqui.

Comentários
×