Estação do esporte coleciona bons resultados em Divinópolis

Da Redação

O Grupo de Educação, Ética e Cidadania (Geec), em parceria com a Companhia Soluções Logísticas (VLI) - que integra terminais, ferrovias e portos -, juntamente com a Prefeitura de Divinópolis, mantém o projeto “Estação do Esporte”, que contempla cerca de 250 jovens, na idade de 7 a 17 anos, com aulas de vôlei, handebol, futebol e futsal.

São crianças e adolescentes que são tirados das ruas e ganham uma oportunidade para praticar algum esporte, ganhando um novo sentido em suas vidas.

Inclusão social

Além dos treinos semanais, a equipe GEEC cria momentos para compartilhar noções de cidadania e fomentar a inclusão social.

— O foco do projeto é fazer do esporte mais do que um exercício e tê-lo como um caminho para a inclusão social desses jovens, auxiliar na busca por bem-estar e qualidade de vida, aponta Fernanda Morais — analista de Responsabilidade Social da VLI.

Recompensa extra

Uma demanda dos próprios participantes ao ingressarem no projeto é a participação em competições. Apesar de não mirar o resultado esportivo por si só, o “Estação do Esporte” vem ganhando relevância nas disputas estudantis locais. Times de futsal feminino e vôlei em ambos os gêneros têm feito bonito em copas, jogos escolares e amistosos dentro e fora de Divinópolis.

— Essa é uma consequência natural e gera ainda mais benefícios. Eles sentem-se mais motivados. Temos retornos positivos dos pais sobre melhoras na rotina familiar — destaca Leonardo Gomes coordenador do Geec.

Comentários
×