Especialistas recomendam não oferecer chocolate para pets

Doce conta com substância tóxica para animais

Da Redação

Com a chegada da Páscoa, muitas pessoas querem que os animais de estimação também participem da celebração. Mas, segundo informações de especialistas, é preciso tomar cuidado especial com os chocolates. O cacau, presente neste doce, possui uma substância tóxica que pode levar a morte do pet.

Ainda conforme especialistas, a substância tóxica é a teobromina, que tem um potencial alto de toxicidade para os pets, podendo levar à morte, dependendo da quantidade ingerida. Outro ponto é a cafeína, presente no chocolate, que também é tóxica para os pets. Os cães e gatos não metabolizam totalmente essas substâncias e, quando acumuladas no organismo, causam intoxicação. A cafeína é um estimulante cardíaco que em poucas doses pode causar complicações graves.

E se o pet comer chocolate?

Após o animal ingerir o chocolate, ele vai apresentar alguns sintomas de intoxicação. Por isso, é importante o tutor ficar de olho nesses sinais. Os principais são o aumento de contrações musculares, polidipsia (sede excessiva), excitação nervosa, poliúria (excesso de urina), elevação da temperatura corporal, respiração acelerada, taquicardia, vômitos e diarreia. Ao perceber qualquer sintoma ou efeito colateral causado pela ingestão do alimento, procure imediatamente um médico veterinário.

Não se esqueça: para o tutor que não abre mão de celebrar a Páscoa com os cães e gatos, o mais recomendado é oferecer petiscos.

Comentários
×