Escritor lança "A greve das cores"

Jorge Guimarães

O escritor e artista plástico Vicente Amaral lança “A greve das cores”, livro que narra a misteriosa história do dia em que as cores entraram em greve e o mundo amanheceu em preto e branco. E, para descobrir por qual motivo o mundo perdeu suas cores, o personagem Isaac e seus amigos se envolvem em uma corajosa aventura. O lançamento da obra está previsto para amanhã, na Boutique do Livro.

Inspiração

De acordo com o autor, o alento para escrever a história surgiu de sua percepção pelo tratamento displicente da humanidade com o meio ambiente em que vive. Vicente ainda relatou sobre o desejo de ter a história de seu livro como meio de incentivo para que os jovens compreendam a relevância das causas ambientais para o futuro da humanidade.

— Penso que a história pode ser uma boa ideia para chamar a atenção dos jovens e conscientizá-los sobre esses problemas. Foi aí que comecei a imaginar como isso poderia acontecer, quais seriam os cenários e os personagens envolvidos — detalha o escritor.

Personagens 

Já com relação aos personagens e aos cenários envolvidos na história, Vicente afirma que tudo foi fruto de uma construção natural.

— O personagem central nem pediu licença para entrar, já ocupou logo o seu lugar. Mas, com todo respeito ao cientista que mais estudou e desvendou os segredos das cores, eu decidi brincar um pouco com ele e, desse modo, a história ganhou mais leveza e um pouco de humor, mesmo tratando-se de um assunto sério — contou. 

Importância

O autor também comentou sobre a importância dos livros de ficção para abordagem de questões sociais

— Em uma ficção a imaginação permite esses voos que encantam o espírito e tornam a leitura menos enfadonha. É uma história em que uma causa maior faz com que os personagens descubram o valor da verdadeira amizade— destaca.

Vicente ainda ressalto que "todo o resto da obra é uma incógnita que fica para ser devidamente avaliada pelo leitor".

O lançamento é pela Gulliver Editora.

Comentários
×