Escola promove sarau em libras

 

Da Redação

Produções literárias e canções de artistas mineiros serão traduzidas para a Língua Brasileira de Sinais (Libras) no “I Sarau em Libras”, evento realizado pelos alunos do curso técnico de tradução e interpretação de Libras da Escola Estadual Dona Antônia Valadares, em Divinópolis. A atividade acontece hoje, às 19h30, no Teatro Usina Gravatá.

Para ter acesso ao evento, é necessária a doação de um quilo de alimento não perecível, que será destinado para entidades da cidade.

Tradução

Segundo a coordenadora e professora do curso, Graciele Kerlen Pereira Maia, a ideia surgiu durante as aulas.  

— Neste período, estamos estudando a literatura surda e como interpretar a literatura. Depois de traduzir alguns poemas e músicas, surgiu a ideia de expor o trabalho dos estudantes — explica Graciele.

Mesclando oralidade e libras, o evento é voltado para todos os públicos.

— É um evento inclusivo e aberto para todas as pessoas que têm interesse e gostam da área — ressalta a coordenadora.

O sarau terá como tema “Um Pedaço de Minas”, e apresentará produções literárias de Adélia Prado, Guimarães Rosa, Carlos Drummond de Andrade, Ziraldo, além das canções de grupos musicais e artistas mineiros como Pato Fu, Skank e Milton Nascimento.

Projeto

O curso técnico é ofertado por meio da Rede Estadual de Educação Profissional, iniciativa da Secretaria de Estado de Educação que pretende ampliar a oferta dessa modalidade de curso, de acordo com a vocação de cada região, contribuindo para a profissionalização dos jovens com vistas à participação como cidadão no mundo do trabalho e atendendo às demandas das comunidades e dos arranjos produtivos locais.

 

Comentários
×