Ermida receberá encontro de carros de bois

Renda de leilões será destinada à Vila Vicentina

 

Jorge Guimarães

O carro de boi serviu como meio de transporte para o homem do campo durante muitas décadas. Ainda hoje, em algumas localidades do Brasil, ele é usado principalmente para o transporte de madeira. Mas, poucos da nova geração o viram ou o conhecem. Com o intuito de manter e mostrar para os mais novos um pouco desta cultura rural, o Sindicato Rural de Divinópolis, junto com o Grupo Flex, Igreja Matriz de Santo Antônio dos Campos e parceiros, realizam no próximo domingo o 2º “Encontro de carros de bois de Ermida”.

A concentração será no pátio do Grupo Flex, onde ocorre o café para os carreiros às 10h. Logo após, seguirão em carreata para o Centro de Treinamento Ricardo Elídio, no povoado de Cachoeirinha. Uma missa será celebrada a partir das 11h no centro de treinamento e haverá uma benção na chegada dos carreiros.

Shows

A entrada é gratuita e a fim de obter renda para a Vila Vicentina haverá leilões.  A comida será preparada por comitivas e o público poderá conferir também shows com as duplas Tales & Junior e Janinho & Mazinho.

— As tradições de nossa região nunca poderão ser esquecidas; são esperados cerca de 50 carros. A cidade possui uma enorme cultura que merece ser mais explorada por todos nós. Uma oportunidade para rever amigos e colocar a prosa em dia e referenciar o resgate das tradições. Convido a todos para estarmos juntos em mais essa tradição — fala o presidente do Sindicato Rural, Irajá Nogueira.

Origens

Os registros sobre as tradições de encontros de carros de bois remontam o século 17, quando as caravanas de tropeiros chegavam aos lugarejos mais distantes do território brasileiro. Eram nestes carros que mercadorias e especiarias eram transportadas e levavam meses para chegarem ao destino, causando expectativas nos pequenos arraiais.

Quando se ouvia o som da roda do carro rangendo ao longe, os moradores corriam e se arrumavam para uma grande festa, pois o movimento lento das juntas de bois traziam a renovação da esperança. Esta tradição existe até os dias de hoje em muitos lugares, onde as dificuldades de acesso ainda permanecem. Mas, como uma forma de agradecimento a este meio de transporte tão importante, a cultura estabeleceu a tradição de encontros, que são verdadeiras festas, onde a modernidade e as tradições se encontram.  

 

 

Comentários
×