Equipe da Santa Casa de Belo Horizonte retira órgãos de paciente no São João de Deus

Da Redação 

Três profissionais da Santa Casa de Belo Horizonte estão no Complexo de Saúde São João de Deus, onde retiraram o coração de um do paciente. De acordo com os profissionais, o órgão foi encaminhado para a própria Santa Casa. A cirurgia para a retirada dourou cerca de duas horas e o tempo limite para transplante é de quatro horas.

Tem outra equipe está no hospital retirando outros órgãos do paciente.

Mais informações a qualquer momento.

[Atualização]

Na manhã desta quinta-feira, dia 24, as equipes de dois grandes hospitais da capital (Santa Casa de Belo Horizonte e do Hospital Felício Rocho) estiveram no Centro Cirúrgico do Complexo de Saúde São João de Deus para realizar a 8° captação de múltiplos de órgãos neste ano.

A cirurgia que teve duração de aproximadamente quatro horas, possibilitou a retirada do coração, fígado, rins, pâncreas e córneas que poderá realizar o sonho de até sete pessoas que aguardam ansiosamente por um transplante.

Este é o segundo procedimento de captação de múltiplos órgãos realizado no CSSJD nesta semana, instituição que é referência pela quantidade de órgãos doados no interior de Minas. A primeira cirurgia, foi realizada na terça-feira, dia 22 e trouxe nova esperança de vida para vários pacientes. A operação possibilitou a retirada dos rins, fígado, pâncreas e córneas.

Todo processo de captação só foi possível graças ao empenho e dedicação da equipe do CTI, que no dia a dia realiza seu trabalho de forma ética e empática com os pacientes e seus familiares e demais parceiros da instituição e em especial com a SETTRANS - Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Segurança Pública, que realizou a escolta das equipes de captação.

O nobre gesto destas famílias marca de forma positiva a Campanha "Setembro Verde", dedicada à conscientização da população sobre a importância da doação de órgãos.

Comentários
×