Entenda a diferença entre terno e costume

ENTENDA A DIFERENÇA 

ENTRE TERNO E COSTUME

 

Um advogado moderno, além de se preocupar com as atualizações da legislação pátria, tem que se preocupar com a modernidade do dia a dia como acompanhamento de sua rede social, marketing jurídico, Google Ads para advogados, papelaria de escritório, respostas a mensagens de WhatsApp,  caixa de e-mails, agendas físicas e virtuais. Além dessas preocupações diárias, o jurista tem que estar sempre bem apresentado e antenado para atendimentos, reuniões e audiências, sejam elas físicas ou virtuais (nem sempre bem vestidos). 

Dentro desse contexto, é muito comum, quando um advogado vai às compras, encontrar escrito em vitrines as palavras ou a expressão “costume completo”, vez outra, “ternos em promoção''. Advogado moderno que se preze,  que gosta de se manter atualizado tanto nas redes sociais quanto no dia a dia, deve saber qual a diferença entre esses dois letreiros de vitrines.

Você que já ouviu falar de costume, mas não soube muito bem sobre o que o termo se referia, pois essa palavra pode não ser tão comum e muitas pessoas realmente não a conhecem. Contudo, ela existe em oposição ao que entendemos por terno. 

Costume é o terno sem o colete, isso significa que o costume é composto apenas por calça e paletó. Seu uso é mais indicado em eventos informais ou mesmo no dia a dia, para as profissões que exigem o seu uso, como nós, advogados. 

O que difere um terno de um costume é apenas uma peça: o colete. No Brasil, costumamos chamar de terno quando alguém está com uma calça social e um paletó, mas na verdade essa pessoa está usando um costume. 

O colete é uma camada a mais que pode acabar esquentando no dia a dia, e por isso é deixado de lado na maioria dos países tropicais. Porém, quando também se está vestido com paletó, ele confere ao visual um tom ainda mais formal, e em alguns momentos vale a pena investir, este é o terno. 

No caso dos noivos que estão se casando, sempre usam o terno, ou seja, o paletó por cima da camisa social. Ao retirar o paletó, o colete ainda deixa o visual elegante, diferente de quando ele não compõe o look. 

Com essas considerações, espero ter contribuído com um pouco mais de conhecimento à profissão que nem sempre é composta somente de leis e jurisprudências, mas também de bom gosto e etiqueta ao se vestir. 

 

Cleofas Pereira – Advogado, fundador do escritório Cleofas & Francis Advocacia.

E-mail:  cleofasps@yahoo.com.br




Comentários
×