Encontro em Divinópolis promove capacitação e discussão sobre oncologia

 

Rafael Camargos
 
Na maioria das vezes, considerado grave e agressivo e, até pouco tempo, sem prognóstico, o câncer na região torácica era pouco debatido na sociedade, mas os paradigmas sobre a doença serão deixados de lado na próxima segunda-feira, 13, quando Divinópolis será a sede de uma série de eventos relacionados à Oncologia Torácica (tratamento do câncer da região torácica), que evidencia o câncer de pulmão, doença que apresenta várias classificações e subtipos.  O evento que vai até a próxima sexta-feira, 17, irá discutir novas modalidades de tratamento, e falar sobre a cura da doença e, em muitos outros casos, o controle por tempo prolongado.

 De acordo com a oncologista, Ana Paula Israel, responsável pela organização da semana, o evento é restrito apenas para os profissionais que trabalham com a oncologia, e têm o objetivo de agregar conhecimento aos médicos.

— Durante a semana cirúrgica vamos operar pacientes. Vamos receber profissionais renomados para que possamos aprimorar a técnica que já é aplicada aqui — explicou.

 Procedimentos 

A programação envolve dias de acompanhamento cirúrgicos coordenados pela cirurgiã de tórax no Hospital São João de Deus, Ana Paula Israel. Já estão confirmadas a presença de especialistas renomados como Paula Ugalde, brasileira radicada em Quebec, no Canadá, mestre em Cirurgia Torácica por vídeo uniportal (usa apenas um pequeno corte para operar), atuando na Universidade La Naval; o vice-presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Torácica, Carlos Alberto Araújo, professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, com grande experiência acadêmica e técnica na área.

— Quanto mais a gente faz, tem a oportunidade de aprender. Vão participar cirurgiões de todo Brasil— comentou a médica.

 Internacional

Já no dia 15, com objetivo de promover uma roda de debate e palestras, o Instituto Dom, sob a coordenação de Mônica Toledo, realiza o I Simpósio Internacional de Oncologia Torácica no Instituto Inhotim, em Brumadinho (60 km de Belo Horizonte), com a presença confirmada do chefe de clínica das áreas de Cirurgia de Cabeça e Pescoço e Tórax do MD Anderson, William William, um dos maiores centros de Oncologia dos EUA, além de inúmeros outros expoentes da oncologia, cirurgia torácica, patologia clínica e pneumologia do país.
No dia 17, à noite, no encerramento, haverá um Simpósio Multidisciplinar em Oncologia Torácica, com o objetivo de trazer e manter a medicina de ponta na região Centro-Oeste. Nesta data, participam também enfermeiros, assistentes sociais, psicólogos, nutricionistas, dentistas e médicos inscritos.

Durante todos estes dias, grandes nomes e as principais referências mundiais da Oncologia e da Cirurgia Torácica estarão atualizando conhecimento e discutindo saúde de referência mundial em Divinópolis.

O Simpósio será realizado com o apoio de grandes grupos nacionais como o Grupo Brasileiro de Oncologia Torácica ( (GBOT), a Sociedade Brasileira de Oncologia Torácica (SBOC) e a Sociedade Brasileira de Cirurgia Torácica (SBCT).

 

 

Comentários
×