Empresa de coleta não resolveu pendências

 

Gisele Souto 

Venceu ontem, 4, o prazo que a Prefeitura de Divinópolis deu para a empresa Arbor Serviços e Manutenção Ltda., resolver pendências constatadas pelo município na coleta de lixo. Ela foi notificada no dia 24 de setembro e se comprometeu solucionar a situação no prazo solicitado pelo Executivo.  Entre as irregularidades constatadas pela Prefeitura, estão caminhões sucateados e o fato de trabalhadores da empresa não possuírem Equipamentos de Segurança Individual (EPI). Estes itens são de uso individual e utilizados pelo trabalhador na proteção contra riscos capazes de ameaçar a sua segurança e a sua saúde.

A Prefeitura informou à reportagem que até o fechamento desta matéria, por volta das 20h, a empresa ainda não havia se manifestado. Porém, ela teria até meia noite para fazê-lo.

 O serviço 

A Arbor assumiu a coleta de lixo de Divinópolis em maio de 2016. Ela é de Itabirito e venceu o processo licitatório com o menor preço à época. O serviço oferecido por ela ficava cerca de R$ 20 mil mais barato em relação à Viasolo, que era quem prestava o atendimento anteriormente. A vigência do contrato, assinado há pouco mais de dois anos, é de três anos.

Quando saiu vencedora, a Arbor informou que iria trabalhar com nove caminhões e que outros novos chegariam logo depois. Porém, segundo a alegação da Prefeitura, isso não ocorreu.

 

Comentários
×