Emop realiza leilão de veículos e bens inservíveis

A medida mostra-se necessária e importante para a manutenção e crescimento da empresa, uma vez que bens que não possuem mais utilidade ou que estão com custo benefício inviável

Da Redação

A Empresa Municipal de Obras Públicas e serviços - Emop, no dia 25 de agosto de 2021, promoverá o processo de contratação de um leiloeiro, através da Dispensa nº 53/2021, para o leilão de bens inservíveis da empresa.
Tratam-se de veículos e maquinários, cuja manutenção torna-se mais onerosa ou inviável economicamente, devido estar obsoleto, ou a desgastes mais avançados de peças pelo tempo de uso, ou parcamente utilizado em serviços contratuais da empresa.

Segundo o diretor da empresa, Lucas Vivas, “o leilão visa a otimização do ativo imobilizado da empresa e a valorização do patrimônio público e será realizado seguindo todas as normas e regulamentos do edital.”

O Ativo Imobilizado é formado pelo conjunto de bens necessários à manutenção das atividades da empresa, caracterizados por apresentar-se na forma tangível, ou seja, palpável (edifícios, máquinas, etc.). O imobilizado abrange, também, os custos das benfeitorias realizadas em bens locados ou arrendados.

A medida mostra-se necessária e importante para a manutenção e crescimento da empresa, uma vez que bens que não possuem mais utilidade ou que estão com custo benefício inviável, serão leiloados e os valores arrecadados poderão ser investidos em outros bens com utilidade para a prestação de serviço realizada pela Emop.

A título de exemplo, a gestão passada adquiriu, no ano de 2019, um caminhão ano 2011, que atualmente encontra-se com inúmeros defeitos mecânicos e sem qualquer utilidade para os serviços prestados pela empresa municipal. Mesmo que o veículo fosse todo reformado, ainda assim não seria financeiramente viável e não atenderia as demandas da Emop. Em razão disso, será leiloado para converter o valor em bens que poderão ser úteis.

A referida ação demonstra, mais uma vez, que essa gestão trata o dinheiro e verbas públicas com responsabilidade, uma vez que busca sempre otimizar a prestação de serviços com mais qualidade e, principalmente, gerando economia aos cofres do município e também da Emop.

Comentários
×