Emenda de emergência promete dar sobrevida à UPA

 

Gisele Souto 

A reunião na Câmara ontem não durou nem uma hora. O motivo do tempo recorde foi a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Padre Roberto.  Antes de tomarem esta decisão, se reuniram por 20 do Plenarinho, quando decidiram retirar suas assinaturas de inscrições para pronunciamentos para irem à Prefeitura em busca de soluções para a crise na unidade de saúde. Toda a movimentação ocorreu após o pronunciamento do tribuno.  

O aviso da saída repentina e combinada foi dada pelo presidente da Casa, Adair Otaviano (PMDB). Todos foram em direção ao Centro Administrativo atrás do prefeito.  Galileu Machado (PMDB), recebeu 16 dos 17 vereadores para explicar a situação UPA. O vice-prefeito, Rinaldo Valério (PV) e o secretário de Saúde, Rogério Barbieri, também participaram das discussões.  

R$ 1 milhão  

Após o anúncio da data do pagamento dos médicos, o deputado federal Domingos Sávio (PSDB), confirmou, via telefone, a destinação de R$ 1 milhão para a unidade de pronto atendimento em caráter emergencial.    

União  

Galileu Machado destacou a importância do empenho do Executivo e Legislativo para resolver os atrasos de pagamentos.  

— Reunião muito proveitosa. O secretário explicou aos vereadores como funciona todo o procedimento da UPA. Depois de duas horas de reunião exaustiva, veio a boa notícia por meio de emenda parlamentar de Domingos Sávio. Surpresa excelente e necessária — pontuou Galileu. 

O vice-prefeito disse que os recursos resolvem um problema sério na unidade.  

— Hoje o Município está cobrindo o buraco que o governo de Minas deixou.  Combinamos com os médicos sobre o pagamento, mas, a notícia do deputado Domingos Sávio sobre a emenda parlamentar diretamente para UPA não poderia vir em melhor hora. Vamos colocar em dia o salário dos médicos — destacou. 

O presidente da Comissão de Saúde da Câmara, Renato Ferreira (PSDB), revelou ter solicitado nesta segunda-feira a Domingos Sávio uma emenda de emergência, sendo confirmada hoje. 

Leitos em corredores 

O vereador Dr. Delano (PMDB) fez uma transmissão ao vivo durante a manhã, direto da UPA. Ele mostrou o que já havia relatado em vários pronunciamentos. As imagens mostram pacientes espalhados pelos corredores de forma improvisada, como enfermarias. Mostrou situações de pessoas que tiveram membros quebrados e que esperam há mais de 15 dias por vagas em hospitais.  

 

 

 

Comentários
×