Em vídeo, coletores de resíduos deixam recado para população divinopolitana

Da Redação

Através de decretos municipais e estaduais foi determinado que a coleta de lixo é um serviço essencial, isto é, uma atividade que não vai ser paralisada. A Prefeitura de Divinópolis informou que, por meio da Secretaria de Operações e Serviços Urbanos (Semsur), está tomando todas as medidas preventivas necessárias para que os trabalhadores não sejam contaminados com a Covid-19.  

— Entre as atividades dos coletores é realizada a higienização com álcool em gel. O fato de os trabalhadores não fazerem o uso da máscara se deve a maior facilidade de contaminação. A proteção na rotina do coletor é um agravador que pode gerar agentes contaminantes, à medida que eles precisam encostar no rosto. Dessa forma, a Semsur analisou que esta não seria uma medida ideal a ser adotada — informou a Prefeitura. 

Welliton Geraldo, motorista do veículo coletor, explicou por que sua equipe não faz uso do equipamento.

— A máscara, além de ter validade apenas de duas horas, não pode ser ajustada e manuseada toda hora. Como nosso trabalho exige agilidade, pode ser que ela saia do rosto ou fique desconfortável, fazendo com que a gente encoste mais vezes no rosto — explicou.

O coletor de resíduos Ronaldo Borges deixou um recado para os cidadãos.

— Pedimos a todos os moradores de Divinópolis que fiquem em suas casas, deixe que apenas os trabalhadores de serviços indispensáveis saiam, evitem de ficar na rua — ressaltou.

Ronaldo ainda pediu que os cidadãos tenham cuidado ao descartar o lixo.

— Não coloquem seringas e objetos cortantes, como vidro, em sacolas plásticas. Pequenas ações podem evitar grandes problemas — esclareceu.

A população deve se atentar aos dias e horários da coleta de lixo, afirmou a gerente de Manutenção Urbana, Marina Cândida.

— Qualquer dúvida, solicitação ou sugestão, caso seu lixo não seja recolhido no devido cronograma, você pode entrar em contato com a Secretaria através do App Divinópolis. Assim serão apuradas todas as irregularidades — explicou.

O aplicativo está disponível na App Store e Google Play. 

A Prefeitura de Divinópolis produziu um vídeo educativo sobre a situação e contou com a participação de coletores do setor.

Comentários
×