Em Minas, número de mortos pelo coronavírus vai a 30; medidas de isolamento devem se estender até julho

Paulo Vitor Souza 

Em novo boletim divulgado na manhã desta quarta-feira, 15, a Secretaria de Estado de Saúde (SES - MG) coloca o estado de Minas com 30 mortes em razão do Covid-19. O número de mortos subiu, já que o boletim desta terça-feira, 14, apontava 27 óbitos. O número de mortes em investigação é 63 no momento.

Houve também aumento no número de infectados. Minas tem hoje 903 casos confirmados da infecção, além de 67.177 suspeitos e em investigação. Na data de ontem eram 884 casos e 63.951 casos suspeitos do Covid-19.

Medidas de contenção

Em entrevista nesta manhã, o secretário de saúde do estado disse que em alguma medida, o isolamento social poderá se alongar até o fim de julho. Carlos Eduardo Amaral declarou que a epidemia deve se estender, apesar de Minas já conseguir bons resultados na contenção do surto. As medidas até julho não serão tão rigorosas como as que o estado impôs atualmente, segundo o secretário.

Uma das preocupações do secretário é referente ao afrouxamento da quarentena, que de acordo com ele, pode aumentar o contágio e expansão da doença. De acordo com o Governo do Estado, há em Minas, 106 cidades com casos confirmados do novo coronavírus. Outra preocupação da área de saúde de Minas é a sazionalidade de doenças respiratórias que podem convergir e saturar o sistema de saúde.

— É normal que na época do frio as pessoas venham a ter mais contato com esse vírus. O que precisamos é que as pessoas se contaminem devagar. Nós temos um pouco de preocupação caso as pessoas se contaminem juntas, isso sobrecarregaria o serviço de saúde - ressaltou Carlos Eduardo Amaral.

Comentários
×