Em 24h, Divinópolis tem 110 novas notificações de coronavírus

Da Redação

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) informou nesta terça-feira, 8, o boletim epidemiológico atualizado com 110 novas notificações e a confirmação de mais dois óbitos decorrentes da covid-19 no município. O município contabiliza 44 mortes causados pela doença.
 
Com base em dados divulgados pelo Ministério da Saúde por meio da plataforma “FormSUScap”, Divinópolis conta com 10.602 notificações, 1.132 casos confirmados, 458 descartados, 1.007 recuperados e 15 pessoas aguardando resultado dos exames. A taxa de isolamento social no município caiu para 33%.
 
Novos óbitos pela covid-19
 
O primeiro óbito corresponde a uma paciente do sexo feminino de 76 anos com hipotireoidismo. Ela foi hospitalizada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Lúcia em 18 de agosto. O exame de RT-PCR detectou positivo para covid-19 no dia 13. O óbito aconteceu no último domingo, 6.
 
Já a segunda morte também foi de uma paciente do sexo feminino, de 82 anos. Ela apresentava sequelas de acidente cardiovascular (AVC) e era portadora de doença de Alzheimer.

A paciente foi internada na UPA Padre Roberto em 17 de agosto. Três dias depois, o exame de PCR foi realizado, com resultado detectável para a doença. O óbito também ocorreu no último domingo.
 
Dados hospitalares
 
O boletim informa que 32 pacientes com quadro clínico compatível à covid-19 estão internados em UTI e 43 se encontram no setor de enfermaria. Os dados apontam taxa de ocupação de 38,1% nas UTI e 31,9% no setor de enfermaria. Outras 3.676 pessoas foram internadas ou atendidas em hospitais do município com quadro suspeito da doença.
 
A Prefeitura orienta os cidadãos a seguirem os protocolos de segurança, e ao mesmo tempo cumprirem com as normas sanitárias estabelecidas pelos Decretos Municipais. Os infratores estão sujeitos a penalidades. A população pode contribuir com o município, registrando denúncia pelo App Divinópolis na opção “Coronavírus”. A ferramenta é gratuita e está disponível nas lojas de aplicativos para celular.

Comentários
×