Donos de lotes vagos são notificados no bairro Bom Pastor

 

Da Redação

A Prefeitura de Divinópolis, através da Secretaria Municipal de Planejamento e Meio Ambiente (Seplam) e da Vigilância em Saúde, deu inicio ao mutirão para fiscalização de lotes vagos do município. O objetivo é agilizar os atendimentos feitos por moradores através do App Divinópolis.

O bairro Bom Pastor foi o primeiro a receber a visita dos fiscais. Na região, foram atendidas 21 solicitações. Destas, oito proprietários foram notificados e precisam realizar a limpeza antes que o prazo termine. O restante já possuía encaminhamento ou estava limpo.

Preocupados em eliminar os focos e possíveis criadouros do Aedes aegypti na cidade, as equipes percorreram na primeira semana os bairros Jardim Candelária, Bom Pastor, Nova Fortaleza, Santa Lúcia e Jardim das Oliveiras, com maior número de denúncias.

Em dias previamente agendados, a vistoria é realizada pelo fiscal e, constatado o objeto da denúncia, é emitido o auto de fiscalização para cumprimento de serviços. Quando se trata de “Limpeza de lote”, o prazo é de 15 dias, após recebimento do auto via AR (Correio). Já a opção “Sem Muro e Passeio” são 60 dias.

Os proprietários de terrenos sem manutenção após notificação e o vencimento do prazo previsto em lei receberão a aplicação de multa.

— Diante das inúmeras reclamações, a Prefeitura pede a colaboração de todos os proprietários de terrenos para que executem a limpeza em seus lotes — ressalta a secretária de Planejamento Urbano e Meio Ambiente, Flávia D’Alessandro.

Novas reclamações podem ser registradas no App Divinópolis, na opção “Lotes Vagos”. Basta fazer o cadastro e tirar uma foto do terreno a ser notificado. O aplicativo está disponível na App Store e Play Store.

Comentários
×