Divinopolitano morre esfaqueado após reclamar de marmita com garçom

Caso aconteceu no Tocantins; primo da vítima também sido assassinado no ano passado

Da Redação

Um crime bárbaro tirou a vida de mais um divinopolitano. Rodrigo Alcântara, motorista de caminhão, morreu esfaqueado por um garçom na tarde da última sexta, 7, em um restaurante no município de Aliança, no Tocantins. Segundo informações de amigos e familiares, ele teria recebido os golpes após discutir com o dono do estabelecimento.

O crime

Ainda conforme informações, Rodrigo teria ido almoçar em um restaurante dentro de um posto de gasolina, por volta de 14h. Os funcionários do estabelecimento teriam oferecido um marmitex para a vítima que, sem motivo ainda apurado, começou a discutir com os funcionários.

Segundo informações de policiais que estavam no local, a vítima ficou bem alterada e empurrou o dono do estabelecimento. Nesse momento, um garçom teria se aproximado e efetuado golpes de faca em Rodrigo, que morreu na hora.

Lamentou

Um amigo da vítima, que prefere não se identificar, lamentou a morte.

— Ele era muito amigo da gente, era ruim só pra ele mesmo. Eu gostava muito dele. Sempre buscava ajudar quem precisava — disse.

Primo

Rodrigo Alcântara era primo de Célio Xavier, açougueiro que foi morto em sua residência, perto da Igreja de Nossa Senhora da Paz, no bairro Belvedere, em abril do ano passado. Na época, a principal suspeita foi de um roubo seguido de morte, visto que o veículo da vítima, uma caminhonete Fiat Fiorino, foi levado.

 

Comentários
×