Divinopolitano expõe desenhos que expressam emoções humanas

Peças estão à mostra até o próximo dia 18, no Senac

Danielle Magalhães

Com apenas 4 anos de idade, Diego Amaro se descobriu um apaixonado pelo mundo da arte, em especial por desenhar. Segundo o artista, desenhar lhe proporciona a oportunidade de expressar tudo que sente. Uma das suas fontes de inspiração são as expressões e os sentimentos humanos.
Com o passar dos anos, ele buscou aprimorar-se e, durante sua adolescência, passou a realizar trabalhos de ilustração. Após 11 anos, retomou suas atividades como desenhista e passou a explorar também a pintura. Alguns dos seus trabalhos estão em exposição desde segunda-feira, 7, no Senac, na rua Antônio Olímpio de Morais, 293, Centro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 22h.A mostra vai até o próximo dia 18.


— O desenho pra mim sempre foi algo natural e que me levava a expressar tudo o que sentia. É na arte que me expresso e me busco. Gosto de expressões e emoções humanas — conta Diego.


Técnicas


O artista não se limita a apenas uma técnica. Ele explora o realismo, pontilhismo e, nas pinturas, a acrílica e a aquarela. Em alguns trabalhos, costuma mesclar nanquim e aquarela; pontilhismo e aquarela e lápis de cor com aquarela.


Diego conta que decidiu fazer a sua primeira exposição no início do ano.


—Quis expor meus trabalhos para que todos pudessem ver as emoções retratadas em cada arte — explica.
É possível encontrar alguns de seus trabalhos também em sua página no Facebook: Diego Amaro art .

Comentários
×