Divinópolis tem saldo positivo de emprego em janeiro

No entanto, com o fechamento do comércio os próximos resultados devem ser negativos

Da Redação

Mesmo com a pandemia em seu pior momento, o número de contratações, em janeiro, superou o de demissões em Divinópolis. A informação sobre o saldo positivo na geração de emprego na cidade estão no relatório do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). A estatística mostra que o município apresentou um importante passo para a recuperação econômica da cidade, com a geração de 195 novos postos de trabalho no mês de janeiro.

No entanto, com os números alarmantes dos últimos dias e a possível antecipação de feriados a começar na próxima segunda – feira, aliada a onda roxa que restringiu ainda mais as atividades econômicas no Estado,  na visão  do Cages,desenha – se um cenário de desemprego, ainda preocupante, devido ao atual contexto vivido pelo empresariado.

— Em janeiro tivemos uma pequena retomada da economia, quando o comércio estava em pleno funcionamento. No entanto, com o fechamento em decorrência das restrições impostas pela onda roxa, mais de dois mil empregos estão em risco. A vacinação da população será decisiva para a retomada da economia, mas também é preciso garantir a criação de políticas de amparo ao trabalhador e as empresas — observou o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de  Divinópolis, Heider Vitor de Freitas.

Números

Após registrar saldo negativo de 185 vagas em dezembro e fechar 2020 com saldo de 505 vagas perdidas, Divinópolis demonstrou uma reação em janeiro com 195 vagas criadas. Mesmo sendo um número modesto, o resultado é o melhor em três anos e é o segundo melhor mês de janeiro desde 2007.

Em janeiro de 2021, quatro dos cinco setores econômicos da cidade demonstraram saldos positivos na geração de empregos formais, foram eles: indústria saldo de 111, construção 87, o comércio 31, e a agropecuária, três novas vagas. Já o setor de serviços registrou perda de 37 vagas de emprego formal.

E em meio à estagnação da economia, existe empresário que ainda aposta num futuro promissor ao longo de 2021.

— Há um mês contratei duas colaboradoras para me auxiliar no desempenho a um excelente atendimento aos clientes, mesmo com a alta nos números da pandemia. E mesmo com a onda roxa, que chegou depois, mantive o mesmo propósito. E neste período de atendimento somente de delivery e busca no balcão, vai servir de treinamento para ambas, pois com menos atendimento presencial elas podem ir se adequando a forma de trabalho da casa — exemplifica o empresário Roberto Silva.       

 Medidas

Já segundo o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Luiz Angelo Gonçalves, a Administração está fazendo o possível para amparar os microempresários.

— A Prefeitura tem preparado um pacote de medidas de apoio ao empreendedor que passa por um momento de muita dificuldade. Isso tem sido feito com base em um planejamento estratégico, validado pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico, que conta com medidas administrativas que refletem diretamente na vida dos pequenos e microempresários — destacou.

Comentários
×