Divinópolis tem quase 13 mil carteiras de habilitação vencidas

Maria Tereza Oliveira

Quase 13 mil motoristas estão com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida em Divinópolis. De acordo com dados levantados pela Polícia Civil (PC), a pedido do Agora,  há 105 mil condutores na cidade, incluindo todas as categorias (A, AB, AC, AD, AE, B, C, D e E).

Trinta dias após o vencimento e a carteira não renovada, torna-se proibido dirigir. Segundo os dados da PC, há 1.041 carteiras vencida há mais de 30 dias, 4.126 há um ano, 10.258 há três anos, além de 12.867 vencidas há cinco anos.

A carteira hoje em dia é quase uma obrigação. A frota de veículos aumentou consideravelmente nos últimos anos. Tirar o documento tornou-se prioridade para muitas pessoas e exigência na hora da contratação. Mas, não basta só tirar carteira, ela também tem de ser renovada em períodos de tempo que variam de acordo com a idade do motorista.

A validade da CNH coincide com a do exame médico. Para motoristas com idade até 65 anos, ela deve ser renovada de cinco em cinco anos.

A partir dessa idade, o limite passa a ser de três anos. Em alguns casos, os períodos de renovação podem ser mais curtos dependendo da orientação do médico.

Punições

Andar com a carteira vencida é considerada uma infração gravíssima. Quem for flagrado dirigindo com a carteira expirada é punido com multa no valor de R$293,17, além de sofrer medidas administrativas, como o recolhimento da CNH e retenção do veículo até a apresentação de um condutor habilitado. 

Mudanças na renovação

Há estudos realizados pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que consideram a adoção de mudanças no processo de renovação da CNH. Durante o processo, além do exame médico, também seria exigido do motorista um curso de aperfeiçoamento, que poderá ser presencial ou à distância, e um exame teórico.

O delegado de trânsito, Marcelo Nunes Júnior, discorreu sobre o assunto.

— Essas mudanças ainda são cogitação. Essas exigências já são pedidas para reciclagens de carteira, ou seja, para o condutor que tenha sofrido a penalidade de suspensão do direito de dirigir ou cassação da CNH. Acho difícil essas exigências serem adicionadas ao processo de renovação, entretanto, não é impossível — conjecturou.

Ele ainda explicou que o condutor pode andar com a CNH até 30 dias após o vencimento desta.

— Até no máximo 30 dias após o vencimento deve ser feita a renovação da carteira para que o motorista seja autorizado a continuar dirigindo — finalizou.

Comentários
×