Divinópolis tem pela primeira vez na história uma chapa pura que se candidata à Prefeitura

Laiz Soares que realiza sua convenção neste sábado anuncia Giovana Garrôcho como vice

Da Redação

A candidata a prefeita pelo Solidariedade Laiz Soares confirmou na manhã deste sábado, 12, o nome de Giovana Garrôcho como vice, também do mesmo partido, ou seja, chapa  inteiramente feminina na disputa pela Prefeitura. A oficialização da primeira chapa feminina mais jovem da história de Divinópolis será realizada hoje durante convenção do partido, às 15h.

Em nota a presidente da sigla, Laiz Soares, disse que é um momento histórico para a cidade.

— Hoje, assistimos vários partidos tentando trazer mulheres para unicamente preencher cotas, ou para ocupar uma posição de vice com um discurso de valorização da mulher e os jovens sempre são subestimados. Vejo que saímos na frente por termos coragem de inovar e entender que as oportunidades que todos precisam na cidade para melhorar sua qualidade de vida virão da energia transformadora da juventude e da força e capacidade da mulher — ressalta.  

Laiz Soares diz se orgulhar de poder entrar a história de Divinópolis desta forma, como alguém que respeita, reconhece e de fato valoriza o potencial dos jovens e das mulheres, e os coloca como protagonistas de suas histórias.

— Quantos de nós já mudamos o mundo? Grandes empresas de tecnologia que revolucionaram nossas vidas com a internet e as redes sociais foram criadas por jovens e agora na pandemia os países que estão lidando melhor com o coronavírus são liderados por mulheres. Chegou a nossa vez em Divinópolis! — argumentou.

Chapa limpa

Laiz ainda reforçou a importância de constituir uma chapa limpa, sem “rabo preso” com figuras antigas da política ou outros partidos e a autonomia que isto traz para um gestor municipal.

 — A chapa limpa te dá autonomia, liberdade para governar e decidir no Município. Ao recusar convites para ser vice de outros pré-candidatos, eu falei sobre a importância de apostar na renovação qualificada, apostar em pessoas novas com novas ideias e com capacidade para executá-las, porque não basta ter bons projetos se não souber implementar —argumenta.

A vice

Bacharel em Direito e alguém que é de fora da política, Giovana Garrôcho defende o combate às mordomias na política.

— Precisamos de pessoas engajadas a fazer acontecer, que queiram transformar a cidade e trabalhem unicamente em benefício de Divinópolis e que estejam dispostas a combater as mordomias dos políticos atuais, extinguindo salários e cargos de assessoria para enxugar os gastos que a estrutura do vice-prefeito, hoje possui. Nosso objetivo é criar uma Central de Resultados, onde eu assumiria para monitorar com métodos de gestão e governança todas as pastas e metas prioritárias da prefeitura, garantindo que todos os secretários e equipes trabalhem com eficiência e agilidade, porque Divinópolis não pode esperar e não temos tempo a perder — pontua.

Garrocho promete que não terá gabinete, nem assessores e que será uma gestora que fará  acompanhamento dos projetos para ter certeza que tudo que foi prometido para mudar a cidade saia do papel e seja executado.

— Não acho adequado que eu assuma alguma secretaria, acreditamos que pessoas técnicas extremamente experientes nas áreas temáticas é que devem liderar pastas como Saúde, Educação, Desenvolvimento Econômico e outras — Define.

Laiz Soares

A divinopolitana, filha da Áurea e do Afonso, nasceu e foi criada no bairro L.P. Pereira. Estudou em várias escolas públicas da cidade, como Miguel Couto, São Francisco de Assis, Cefet-MG, e concluiu o ensino médio no Colégio Integral. Formou-se no curso de Relações Internacionais na PUC, morou na França onde estudou administração na Ecole Supérieure des Sciences Commerciales d’Angers (Essca). Trabalhou em uma posição de liderança em uma multinacional americana na área de Logística, a FedEX, onde trabalhava com gestão, redução de custos e eficiência. Foi gerente de projetos na Fundação Brava, organização do terceiro setor que atua na área de gestão pública, educação e segurança em vários projetos no país inteiro. Foi coordenadora de campanha e chefe de gabinete  em Brasília da deputada federal Tabata Amaral. É formada pelo RenovaBR, a maior escola de renovação política do país, membro do movimento político “Vamos Juntas”, liderança cívica do ‘Movimento Acredito” e fundadora do “Nenhuma Mulher a Menos” e do “Elas por Divinópolis”.

Giovana Garrôcho

Divinopolitana, filha de Viviane e Danilo, nasceu e foi criada no bairro Santa Tereza. Estudou no CECI, Instituto Sagrado Nossa Senhora do Sagrado Coração (INSSC) e no Colégio Integral. Fez Senai, formou-se no curso de Direito na Universidade de Itaúna, também possui formação em Programação Neurolinguística - PNL pelo Instituto Você BH, possui o CPA-10 pela ANBIMA, curso de Formação Docente para Professores de Direito organizado pela FGV, e também atua como colaboradora no projeto “Nenhuma Mulher a Menos”. Organiza e acompanha o projeto “Elas por Divinópolis” de fomento ao empreendedorismo local durante a pandemia. Desde a faculdade sempre foi ativista, engajada politicamente em diversas pautas, Giovana já trabalhou em escritórios de advocacia da cidade nas áreas de auditoria, empresarial, trabalhista e cível.

O Agora esclarece que apresentou de forma mais longa as candidatas, visto que diferente dos demais postulantes à Prefeitura, não são figuras conhecidas junto a população divinopolitana.

Convenção

A convenção do Solidariedade acontecerá neste sábado às 15h e será realizada de forma vitual. Para participar basta acessar a plataforma Google Meet: https://meet.google.com/ogy-jubw-xks

Comentários
×