Divinópolis tem o maior número de casos confirmados de coronavírus desde o início da pandemia

Ana Laura Corrêa

Nesta semana – entre os dias 21 e 27 de novembro – Divinópolis registra o maior número de casos confirmados de coronavírus desde o início da pandemia.

Foram 205 confirmações em sete dias – até então, o maior número, 149, havia sido registrado entre os dias 17 e 23 de outubro.

O aumento das confirmações elevou a taxa de incidência da covid-19 na cidade para 146 casos confirmados a cada 100 mil habitantes – três semanas atrás, essa taxa era de 68.

Diante dos números, a médica infectologista e mestre em ciências da saúde Rosângela Guedes – que é também membro do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 da Prefeitura e atende nos hospitais São Judas e Complexo de Saúde São João de Deus – fez um alerta.

— Não se esqueçam das medidas de proteção, não saia da sua casa se não for necessário, por mais tentador que isso seja. Continuem usando as máscaras, continuem mantendo o isolamento social e todas as medidas de higiene — ressaltou.

— Isso é muito grave. É muito importante que as pessoas expliquem isso para os familiares, vizinhos, amigos. É muito importante nesse momento que as pessoas saibam disso e se protejam de verdade.

A médica ainda destacou que, embora a covid-19 seja vista como uma doença que atinge idosos e pessoas com comorbidades, está sendo verificada uma mudança no perfil dos pacientes infectados.

— Nós tivemos, sim, redução na mortalidade, mas a concentração de casos confirmados está ocorrendo entre pacientes com idades de 20 aos 59 anos, a nossa população economicamente ativa. São pessoas que precisam ficar afastadas dos seus trabalhos, os nossos hospitais [estão] cada vez mais cheios e, é claro, um prejuízo em todos os setores da nossa cidade. Então, está mais do que na hora de as pessoas pararem, pensarem no que estão fazendo e não desistirem das medidas de prevenção. Enquanto a vacina não chega até nós, as únicas medidas que vão nos ajudar são a máscara, o isolamento social e as medidas de higiene — ressaltou a médica.

Boletim

O boletim epidemiólogico desta sexta-feira, 27, traz que nas últimas 24h, Divinópolis registrou 330 novos casos suspeitos de coronavírus a cidade soma 18.790 notificações.

Destas, somente 3.547 (ou 18,87%) foram testadas: 2.428 casos confirmados – 43 a mais do que ontem, sendo 2.127 recuperados –, 937 descartados e 182 exames em análise.

Há 47 pacientes internados em leitos de covid-19 em enfermarias, e 30 em Centros de Terapia Intensiva (CTIs).

A cidade registra 75 mortes em decorrência da doença.

A taxa de isolamento no município está em 34%, de letalidade em 3,09% e o ritmo de contágio em 1,1 – o que significa que cada grupo de 100 pessoas contaminadas transmite o vírus para outras 110.

Comentários
×