Divinópolis tem bloqueio imediato de celulares roubados apreendidos pela PM

Celular serão inutilizados após ocorrências

Da Redação

A Polícia Militar (PM) de Divinópolis já está utilizando o aplicativo Cbloc, desenvolvido pela Secretária de Estado de Segurança Pública (Sesp). A ferramenta permite o bloqueio e a inutilização do aparelho celular roubados. Segundo a Secretaria, a intenção é diminuir o valor de mercado desses aparelhos.

Com a medida, quando o cidadão registrar uma ocorrência deste tipo, o policial, dentro de sua unidade, irá acessar o sistema da Cbloc e realizar o bloqueio.

Segundo a Sesp, a ação é uma medida para a segurança contra o vazamento de dados sigilosos.

— De forma simples, rápida e segura, como a plataforma permite, além dos impactos na área de segurança, o cidadão vai ter a garantia de que nenhum dado pessoal que está no aparelho, como fotos, caminhos de GPS salvos, entre outros, sejam acessados pelo criminoso — informou.

Segundo o comandante do 23º Batalhão da PM, o tenente coronel Rodrigo Teixeira Coimbra, a intenção é reduzir diminuir o número de furto e roubos de celulares.

— A Cbloc é uma ferramenta que ajuda muito na prevenção deste tipo de delito e queremos fazer uso deste potencial — ressaltou.

Na última terça-feira, 9, mais de 120 militares receberam instruções para a utilização do aplicativo. O primeiro município a adotar a ação em Minas Gerais foi Nova Serrana.  

Além de Divinópolis, outras cidades também adotaram o sistema: Carmo do Cajuru, Cláudio, São Gonçalo do Pará, Itaúna e Itatiaiuçu. A ideia é espalhar a medida para os municípios que ainda não aderiram ao sistema.

Comentários
×