Divinópolis tem baixa procura por vacina contra HPV

Da Redação

A Secretaria de Saúde de Divinópolis divulgou nesta sexta-feira, 1º, balanço das doses da vacina de papilomavírus humano (HPV) administradas nos primeiros 11 meses deste ano. A estimativa populacional do Ministério da Saúde para se vacinar contra HPV em Divinópolis é de aproximadamente 16.775 crianças e adolescentes do sexo feminino de 9 a 14 anos e do sexo masculino de 11 a 14 anos.

No entanto, nesse período foram aplicadas apenas 7.131 doses da vacina em Divinópolis. Considerando que cada um deste público alvo de 16.775 integrantes obrigatoriamente deve tomar duas doses, deveriam ter sido aplicadas 33.550 doses.

As 7.131 doses aplicadas correspondem apenas a 21,25% do total de doses que deveriam ter sido administradas para que este público fosse considerado verdadeiramente imunizado. Os indivíduos que tomaram apenas a primeira dose são considerados "descobertos" pelo Ministério da Saúde.

Tem de sobra

O recebimento desta vacina é frequente em Divinópolis durante todo o ano e fica disponível nas 34 salas de vacina do da rede municipal de saúde. Mesmo assim a vacinação contra o HPV tem se mostrado baixa.

— Um dos motivos para a baixa procura é a falta de adesão dos próprios pais que possivelmente não compreendem que tal vacina previne seus filhos contra o câncer de colo do útero e o de pênis — analisou a enfermeira ​Raquel Silva Assunção​, responsável pela Central de Imunização.

A vacinação é destinada a meninos de 11 a 14 anos, meninas de 9 a 14 anos, homens e mulheres de 9 a 26 anos com HIV/Aids. É também destinada a transplantados de órgãos sólidos e de medula óssea ou pacientes oncológicos dos Centros de Referência para Imunobiológicos Especiais (Crie).

Comentários
×