Divinópolis sobe uma posição e tem 15º maior PIB de MG

Município foi beneficiado pela queda da cidade de Mariana, aponta FJP

 

Pablo Santos

 Divinópolis subiu uma posição e melhorou sua colocação entre as cidades com maior valor do Produto Interno Bruto (PIB) de Minas Gerais. O município ficou na 15ª posição no estado e Belo Horizonte, Uberlândia e Contagem detém os maiores valores das riquezas produzidas no Estado, de acordo com os dados da Fundação João Pinheiro (FJP).

Em 2013, Divinópolis estava na 16ª posição de Minas Gerais com um Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 4,958 bilhões e, em 2014, a produção de riquezas cresceu e atingiu R$ 5,335 bilhões. Com o novo valor, Divinópolis subiu uma posição. De 2010 a 2012 ficou na 15ª posição do Estado. Depois caiu em 2013 e voltou a ao mesmo posto no exercício seguinte.

Dois motivos foram de extrema importância para o resultado. O crescimento de 7,6% de um ano para outro da produção de riquezas da cidade, de acordo com a FJP.  Outro motivo foi a queda do PIB de Mariana que em 2013 estava 12º lugar de Minas Gerais e agora passou para 17º. 

Divinópolis ficou a frente de Governador Valadares com um PIB de R$ 5,072 bilhões e atrás de Itabira com R$ 5,655 bilhões.

 Centro-Oeste

O PIB do Centro-Oeste é de R$ 21,4 bilhões para 77 municípios. Juntos, os municípios da região representam apenas 2,14% da produção de riquezas de Minas Gerais somadas em R$ 516,6 bilhões. Depois de Divinópolis com os R$ 5,335 bilhões, Nova Serrana detém o segundo maior PIB do Centro-Oeste com R$ 1,8 bilhão ocupado a 47º lugar de Minas Gerais.

Arcos têm o terceiro maior PIB da região com R$ 1,3 bilhão ocupando a 66ª colocação no estado. Formiga ficou na quarta posição com R$ 1,287 bilhão e na 69º colocação. Já na quinta colocação no Centro-Oeste apareceu Formiga com uma produção de riquezas de R$ 1,264 bilhão chegando a 71º lugar na região.  

 10 maiores

Belo Horizonte e Uberlândia apresentaram os dois maiores valores de PIB em 2014. No ranking brasileiro, Belo Horizonte manteve a quarta posição e Uberlândia subiu da 26ª para a 23ª colocação entre 2010 e 2014.

Contagem foi o terceiro maior PIB em 2014 e Betim, o quarto. Na lista dos maiores do país, Contagem caiu da 25ª para a 27ª posição e Betim, da 19ª para a 35ª. Juiz de Fora, quinto maior PIB do estado, foi o 61º do Brasil em 2014 e o 57º em 2010.

Uberaba e Ipatinga ocuparam, respectivamente, a 6ª e 7ª posições na produção mineira em 2014. Este último caiu uma posição em termos estaduais e 14 posições em termos nacionais. Os outros três municípios componentes do ranking dos 10 maiores foram Nova Lima, Sete Lagoas e Montes Claros.

Comentários
×