Divinópolis se recupera nas vagas de emprego

Setor de serviços foi o que mais contratou e também demitiu

Da Redação 

Depois de registrar números negativos de empregos, em meio à pandemia da covid-19, Divinópolis confirma,  pelo segundo mês consecutivo, o crescente número de vagas com carteira assinada, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). A cidade fechou o mês de julho com saldo positivo de 86 postos de empregos formais e em agosto registrou a abertura de 384 novas oportunidades de trabalho. Foram 1.820 contratações contra 1.436 desligamentos. Mas, quando se analisa os números de janeiro a agosto, a cidade ainda fecha no vermelho, com saldo negativo de 1.719 empregos. Neste contexto, o comércio é o que teve mais baixas, contabilizando 3.589 admissões e 4.519 demissões, o que resulta em saldo de 930 vagas fechadas. 

O segmento que apresentou maior número de contratações foi o de serviços, uma soma de 577 admissões. Mas o setor foi também o que mais demitiu, chegando a 551 desligamentos, e fechou com saldo positivo de 26 oportunidades de emprego. Destaque também para o comércio, que registrou 516 admissões contra 426 demissões, e também para a indústria, que contratou 527 profissionais e dispensou 326, sendo este o segmento com maior  positivo em saldo de vagas, 201.  

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Luiz Angelo Gonçalves, diz que os números do Caged mostram que houve uma retomada de empregos em todos os setores, com destaque para os da indústria e do comércio. De acordo com ele, a constatação é que em julho a recuperação foi bastante tímida, mas em agosto muito substancial. 

— Se o empresário conseguir ter uma boa noção que ele vai poder retomar as suas atividades nos próximos meses de forma consistente sem que haja interrupção, sem novos fechamentos, passa a estar mais disposto a investir em novas contratações, vislumbrando as vendas já do fim do ano. O importante é não ter insegurança, pois, assim, pode se fechar os últimos meses de 2020 com o número de vagas crescente — ressaltou.

Sine

Para quem está em busca de uma oportunidade no mercado, o Serviço Nacional de Emprego (Sine) de Divinópolis tinha, até a tarde de ontem, 131 vagas em aberto nas mais diversas profissões e salários que variavam entre R$ 1.045 e R$ 2.847,00. Os postos disponíveis incluem oportunidades para ajudante de eletricista, aplicador de silkscreen, armador de ferragens na construção civil, auxiliar técnico de mecânica, carpinteiro, costureira de máquinas industriais, moda praia, costureira em geral, costureiro na confecção em série, estagiário em administração, lubrificador de automóveis, mecânico de automóveis e caminhões.

Candidatos 

Os interessados podem procurar a unidade em Divinópolis, na rua Goiás, Centro, e também podem baixar o aplicativo “Sine Fácil” no celular e fazer o cadastro no gov.br, ou agendar atendimento de intermediação de mão de obra no site: https://mg.gov.br.

Coment√°rios
×