Divinópolis registra quase 600 casos suspeitos de coronavírus em 24h; internações batem novo recorde e ocupação de CTIs se aproxima de 70%

Dezembro já tem os maiores números de casos suspeitos e confirmados desde o início da pandemia; seis crianças estão internadas

Da Redação

O boletim epidemiólogico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) nesta quarta-feira, 16, traz 567 novos casos suspeitos de coronavírus em Divinópolis, em relação a ontem e a cidade soma 23.474 notificações.

Desses, no entanto, apenas 4.687 (19,96%) foram testados: 3.167 casos confirmados – 58 a mais do que ontem, sendo 2.732 recuperados –, 1.320 descartados e 200 exames em análise.

A ocupação dos leitos de covid-19 atingiu novo recorde, com 106 pessoas internadas. Há 58 pacientes em enfermarias – que está com a ocupação em 52,3% –, e 48 em Centros de Terapia Intensiva (CTIs) – o que representa 69,6% de ocupação. Os números incluem duas crianças internadas em CTI e quatro em enfermaria.

A cidade registra 85 mortes em decorrência da doença. Um óbito é investigado.

A taxa de isolamento no município está em 33%, de letalidade em 2,68% e o ritmo de contágio em 1,16, o que significa que cada grupo de 100 pessoas contaminadas transmite o vírus para outras 116.

Dezembro

O mês de dezembro tem a mais alta média de casos suspeitos de covid-19 registrados diariamente, desde o início da pandemia, com 272. Em novembro, esse número foi de apenas 136.

Este mês também possui a maior média de casos confirmados diariamente, com 42,1. No mês passado, eram somente 20.

4.358 casos suspeitos já foram registrados em dezembro – que supera todos os meses anteriores na quantidade de notificações.

Já foram confirmados, também neste mês, 674 casos de coronavírus, ultrapassando novembro, que teve 600.

 

Comentários
×