Divinópolis registra mais dez mortes por covid-19 e ultrapassa 300 óbitos causados pela doença

São sete homens e três mulheres; idades vão de 41 a 80 anos

Da Redação

Divinópolis chegou à marca de 309 mortes em consequência do coronavírus. A quantidade se deve a mais dez, informadas pela Prefeitura na tarde desta terça-feira, 20. São sete homens e três mulheres. A idades variam de 41 a 80 anos. 

O mais velho é do sexo masculino, tinha 80 anos e, segundo as informações do boletim da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), era portador de doença cardiovascular crônica, diabetes mellitus e hipertensão arterial. Morreu no último dia 6. Outro homem tinha 57 anos e era portador de doença cardiovascular crônica e morreu no último dia 12. 

Os outros são: 

- Sexo masculino, 61 anos, portador de diabetes mellitus, morreu dia 14. 

- Sexo feminino, 41 anos, sem comorbidades, não resistiu  à doença também no dia 14.

- Sexo masculino, 62 anos, portador de doença cardiovascular crônica e diabetes mellitus, morreu dia 15

- Sexo feminino, 72 anos, portadora de doença cardiovascular crônica, morreu dia 16.

- Sexo masculino, 47 anos, portador de imunodeficiência, morreu na última sexta, 16. 

- Sexo masculino, 76 anos, portadora de doença cardiovascular crônica, morreu sábado, 17.

- Sexo feminino, 54 anos, portadora de diabetes mellitus e doença hepática crônica, morreu nesta segunda-feira, 18.

- Sexo masculino, 55 anos, sem comorbidades, morreu nesta terça-feira, 19.

A Prefeitura divulgou uma nota de pesar, veja na íntegra.

"A Prefeitura de Divinópolis informa com profundo pesar que, na data de hoje, foi ultrapassado o número de 300 mortes de moradores de Divinópolis por covid-19.

Há poucos dias atrás, em 29 de março, chegamos a 200 mortes e agora, em apenas 22 dias, os números deram um salto e chegamos às 300 mortes. É muito triste saber que tantos cidadãos perderam suas vidas devido a esta doença.

Pedimos para que todos fiquem em casa e que mantenham o isolamento social sempre que possível. É fundamental que sejam mantidas todas as medidas preventivas como uso contínuo de máscaras e de álcool em gel.

A Administração Municipal ressalta que todos devem se cuidar para evitar que pessoas do convívio próximo possam morrer, porque não estamos aprendendo a cuidar uns dos outros.

Cada um tem que fazer a sua parte e, todos os cidadãos podem ter certeza que o Poder Executivo fará a sua parte para cuidar de todos, mas, de forma unilateral, isso é impossível. Se cuidem para evitar que mais mortes aconteçam". diz a nota. 

 

Comentários
×