Divinópolis gera 730 novas vagas de emprego em agosto

É o melhor resultado em 12 meses na criação de oportunidades, com 2.839 admissões e 2.109 desligamentos

 

Da Redação 

O avanço da vacinação aliado à retomada, mesmo que lenta, das atividades econômicas pode levar ao aumento de vagas formais no mercado – o que já se reflete em Divinópolis, nos números positivos nas oportunidades de empregos formais. E, para confirmar a realidade da cidade, de acordo com relatório de Monitoramento Econômico do Instituto Vitaltec apresentado à Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Divinópolis, com base nos dados do Cadastro Geral de empregados e Desempregados (Caged), Divinópolis registrou saldo de 730 vagas no mês de agosto, o melhor resultado em 12 meses na criação de postos de trabalho, com 2.839 admissões e 2.109 desligamentos. 

 

— Desde maio nota-se um aumento contínuo na taxa de crescimento das admissões em relação aos desligamentos resultando, assim, num crescimento no saldo de empregos criados — avalia o economista Leandro Maia. 

 

Números 

O relatório ainda aponta que, em relação ao mês de julho, a criação de novos postos de trabalho na cidade apresentou uma variação 29% e, em relação a agosto de 2020, 83%. O resultado demonstra o processo gradual de recuperação do mercado de trabalho do município. 

Nos primeiros oito meses de 2021, os resultados também são positivos, pois a cidade gerou saldo acumulado de 2.706 postos de trabalho criados, resultante de 18.159 admissões e 15.453 demissões. 

Para o diretor da CDL Divinópolis, Kildare Morato, os dados de contratação são o termômetro do comércio e trazem boas expectativas para os próximos meses. 

— Neste ano, já estamos com um acúmulo de mais de 2.700 vagas preenchidas. Isso demonstra que, com o avanço da vacinação e a diminuição dos casos de covid na cidade, o controle da pandemia está resgatando a confiança dos empresários, permitindo as contratações, o que reflete também no consumo. O trabalhador com emprego volta a consumir, aquecendo mais ainda o comércio. Com a chegada das datas comemorativas do fim do ano – Dia das Crianças, Black Friday e o Natal –, época normal de contratações temporárias, com o aquecimento do comércio e com o aumento da confiança do empresário, é provável que estes números continuem crescendo — avalia Kildare. 

 

Segmentos 

Analisando por setores de atividade econômica, apenas a agropecuária não registrou saldo positivo em agosto. Todos os principais segmentos demonstraram resultados positivos na geração de emprego – destaque para serviços e comércio, que apresentaram forte tendência de alta para os próximos meses. 

Outro fato importante observado em agosto foi a participação da indústria na geração de empregos na cidade de Divinópolis. De agosto de 2020 até agosto de 2021, a indústria gerou 1.340 novas vagas, tornando-se o segmento que mais contribuiu para a geração de empregos formais na cidade. 

 

Em segundo lugar ficou o comércio, com 1.299 vagas criadas; seguido pelos serviços, 1.193; construção, 395; e agropecuária, 15. 

 

Vagas 

O maior número de vagas abertas em 12 meses na cidade foi destinado às pessoas com grau de instrução que vai do ensino médio até superior completo. 

— As pessoas com baixos níveis de qualificação estão tendo maior dificuldade de se realocar no mercado de trabalho formal e continuam sem ocupação ou ainda se seguem para o mercado informal — definiu Leandro Maia. 

 

Comentários
×