Divinópolis fecha o ano com redução nos pedidos de seguro-desemprego

Mercado oferece diversas oportunidades de trabalho

Da Redação 

O ano de 2020 foi bem atípico em todos os seus aspectos, devido à pandemia do coronavírus. Um ano difícil para a economia da cidade, que no primeiro semestre ficou com o comércio fechado por quase dois meses. E entre essa balança de abre e fecha, o ano encerrou com saldo positivo de empregos. Foram 506 vagas preenchidas, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Outro dado importante é que a cidade fechou o ano com queda também no número de pedidos de seguro-desemprego. No acumulado, foram 10.437, contra  10.602 solicitações de pedidos em 2019, o que representa uma retração de 1,56%.

Dados da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, anexados em relatório do Instituto Vitaltec, apresentado à Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Divinópolis, mostram que o indicador vem registrando tendência de queda desde abril último. A partir do mês de setembro, todos os pedidos quinzenais de seguro-desemprego ficaram abaixo de 400, e muito abaixo dos 823 registrados em abril, ápice da crise econômica gerada pela covid-19 e inferior à média do mesmo período de 2019.

Dezembro 

Na segunda quinzena de dezembro, a cidade registrou 282 solicitações de seguro-desemprego contra 371 da segunda quinzena de novembro, com retração de 23,9%.

A análise anual também revela a melhora no mercado de trabalho formal, uma vez que, no mesmo período de 2019, foram feitos 329 pedidos, o que indica queda de 14,2%. A última quinzena de dezembro também teve o segundo menor número de solicitações de todo o ano.

Minas Gerais 

Quando a estatística é feita por estados, os pedidos de seguro-desemprego em Minas Gerais em 2020 somaram 761.471 de janeiro até dezembro de 2020, ficando atrás apenas de São Paulo, que registrou 2.040.688 requerimentos.

Vagas de emprego

E janeiro se aproxima do fim com mais vagas de empregos, ofertadas pelo Sistema Nacional de Empregos (Sine) em Divinópolis. Ontem, havia 106 oportunidades para as mais diversas profissões, com salários variando de R$ 1.100,00 a R$ a R$ 2.500,00. Destaque para os 25 postos para ajudante de carga e descarga, para trabalhar em Carmo do Cajuru, seguidos das 10 vagas para servente de obras e as sete de cozinheiro. As demais se dividiam entre montador de aparelhos elétricos, motorista de caminhão munck, supervisor de logística, sendo três vagas para trabalhar também em Carmo do Cajuru e duas para Divinópolis, entre outras. 

 

Comentários
×