Divinópolis e São Gonçalo têm apreensões de armas

Militares receberam denúncias anônimas

 

 

Rafael Camargos 

Se a quantidade de armas apreendidas no primeiro semestre pela Polícia Militar (PM) e Civil já era exorbitante, ontem, foram apreendidas mais algumas para somar com os números.  
Um jovem de 20 anos por porte ilegal de arma de fogo.
O suspeito estava no bairro Nações quando foi abordado pelos militares.

De acordo com a PM, a prisão do rapaz ocorreu depois que o serviço de inteligência recebeu informações de que ele estaria na "Favelinha do Nações" com outros jovens em atitudes suspeitas. Eles estariam armados.

Com a chegada dos militares alguns suspeitos conseguiram fugir, porém o jovem foi preso. Ele estava com um revólver calibre 38 com quatro munições intactas.

Mais tarde na avenida do Trabalho, durante atendimento discussão entre um jovem de 18 anos e sua companheira os policiais  receberam informação que o suspeito, conhecido no meio policial por roubos, teria uma arma de fogo em casa. Os militares então começaram as buscas. — Na residência foram localizadas 29 munições de revólver calibre 40 as quais foram apreendidas e encaminhadas à delegacia — disse a PM.

Dia anterior 

Durante a operação “Batida Policial” na terça-feira, 25, a polícia recebeu uma denúncia anônima relatando que um homem de 40 anos estaria com uma arma de fogo. Os militares abordaram o suspeito na rua Amália Nogueira Silva, bairro São Caetano. — Realizamos busca em sua residência onde localizamos, uma espingarda calibre 36, duas caixas de espoleta, dois cartuchos de revólver calibre 28 e seis de 36, pólvora e chumbo — informou a PM. Uma motocicleta e 985 metros de rede de pesca foram recolhidos.

O autor foi preso e na delegacia foram lavradas as multas referente aos apetrechos de pesca e posteriormente.

Vizinhos 

Ainda nas ruas, em São Gonçalo do Pará os militares apreenderam um adolescente de 17 e um jovem de 19 anos. — Deparamos com os indivíduos em atitude suspeita em uma motocicleta Honda CG 150 e realizamos a abordagem — falou a PM.

Conforme a PM, ao perceberem a presença policial os dois suspeitos saíram em alta velocidade e após perseguição o condutor da moto perdeu o controle da direção e tombou. — Ao revistar os suspeitos, encontramos um revólver calibre 36. Foi constatado que a motocicleta havia sido roubada em Nova Serrana — finalizou.

Apreensões 

No primeiro semestre foram apreendidas 640 armas. E as apreensões da Civil, que somam 87, foram somente em Divinópolis. A PM apreendeu 553.
A média de apreensão por dia varia e já chegou a 6 ou 7. Ontem, foi um exemplo. Durante a operação “Macaco Prego” desencadeada pela PM em pareceria com a PC e Ministério Público em cidades da região, como Nova Serrana, Perdigão e Conceição do Pará, três armas foram confiscadas, além de munições.

Evitar crimes

Os comandantes da Polícia Militar na cidade e região disseram à reportagem na edição de ontem, a importância das estratégias adotadas que culminaram na apreensão de armas e projeteis de diversos calibres. Informaram ainda que as operações vão continuar com este e outros objetivos para diminuir a criminalidade e dar a população uma sensação de segurança.


O delegado regional da Polícia Civil, Leonardo Pio também destacou o êxito no trabalho e disse que as constantes apreensões são de extrema importância, uma vez que armas saem das mãos de criminosos evitando a prática de outros crimes.

 

Comentários
×