Divinópolis bate recorde de internações por coronavírus e registra quase 500 casos suspeitos em 24h

Da Redação

Divinópolis registrou, nas últimas 24h, 475 novos casos suspeitos de coronavírus e atingiu recorde de pacientes hospitalizados desde o início da pandemia. Há 121 pessoas internadas, sendo 57 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e 64 em enfermarias.

Ocupação dos leitos na cidade (Foto: Reprodução/Informe epidemiológico)

Também nas últimas 24h, houve 94 novos casos de covid-19 confirmados.

A taxa de testagem na cidade, no entanto, é de apenas 21,27% e a maior parte tem resultado positivo. Dos 26.448 casos suspeitos, somente 5.627 foram testados – 3.824 confirmados (sendo 3.295 recuperados), 1.538 descartados e 265 em análise.

A cidade confirmou nesta terça-feira, 29, mais duas mortes em decorrência do coronavírus e registra 96 óbitos.

A taxa de isolamento no município está em 38% e a de letalidade em 2,48%. O ritmo de contágio é de 1,15, o que significa que cada grupo de 100 pessoas contaminadas transmite o vírus para outras 115.

Mês

Dezembro ainda não terminou mas já tem os maiores índices de casos suspeitos e confirmados de covid-19. Somente neste mês, até esta terça-feira, foram 7.332 notificações de suspeitas (uma média de 253 por dia) e 1.331 confirmações (45,9 por dia), superando o mês de novembro, que até então tinha os maiores números, com 4.074 suspeitas e 600 registros confirmados.

Dezessete mortes por coronavírus foram registradas em dezembro. O mês é o segundo com mais mortes desde o início da pandemia, atrás apenas de agosto, que teve 18.

A média diária de internações de dezembro é a maior já registrada desde o início da pandemia: 54 pacientes em enfermaria e 44 em UTIs – até então, os recordes eram do mês de setembro, com 48 e 36, respectivamente.

Comentários
×