Divinópolis alcança menores indicadores no Minas Consciente desde agosto

Atualização foi divulgada ontem pelo governo de Minas

Da Redação

Divinópolis permanece, pelo menos por mais uma semana, na  onda verde do programa estadual Minas Consciente. Conforme confirmou a Prefeitura, após a Macrorregião Oeste manter indicadores suficientes para continuar no último estágio de flexibilização, a micro também se manteve estável.

Redução

Em comunicado na tarde de ontem, conforme o relatório estadual, a Prefeitura informou que a Microrregião de Divinópolis teve sua pontuação reduzida de 11 para 7 pontos.

— Com essa pontuação, Divinópolis permanece na onda verde, que significa a ampliação da flexibilização de atividades econômicas anteriormente interrompidas pela pandemia do coronavírus, desde que sejam cumpridos os protocolos de segurança — explicou.

Já a macro está com nove pontos. De acordo com o programa, entre 13 e 19 pontos, a localidade está na onda amarela e, acima de 20, na vermelha na qual é permitido apenas o funcionamento de serviços essenciais. Os números são os menores historicamente desde o dia 17 de agosto.

Alerta

Apesar da melhoria dos indicadores, o Executivo voltou a reforçar a necessidade de a população manter as atitudes de prevenção ao vírus.

— A Prefeitura de Divinópolis ressalta que as medidas de segurança como o uso de obrigatório de máscaras, o distanciamento social, a higienização constante e o cumprimento dos horários de funcionamento de cada atividade econômica continuam vigentes e devem ser respeitados  — destaca.

A administração ainda cita que “o descumprimento das medidas de segurança acarreta em multa, interdição do estabelecimento e cassação do alvará”. Para denunciar irregularidades em relação às normas de segurança, o cidadão poderá abrir chamado pelo AppDivinópolis, selecionando a aba “Coronavírus”. A ferramenta é gratuita e está disponível nas lojas de aplicativos para celular.

Dados epidemiológicos

A cada semana, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) monitora o quadro do coronavírus em Divinópolis e outros municípios. A última atualização dos dados epidemiológicos ocorreu na segunda-feira, 2. A taxa de incidência, que corresponde ao número de casos novos da doença dividido pela população em risco, é de 38, nível considerado baixo. A porcentagem de casos confirmados em relação ao número de pessoas testadas é de 31%, número considerado alto. 

Quanto à capacidade hospitalar, os dados apontam que 25% dos adultos internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) são pacientes com suspeita de covid-19. A taxa de ocupação de UTI no setor adulto é de 48%. Os indicadores de avanço do coronavírus apontam que o número de casos confirmados aumentou 11% em relação à semana anterior. A variação da taxa de incidência de covid-19 caiu 8% nos últimos sete dias.

Atualização

Entre quarta-feira, 4, e ontem, Divinópolis contabilizou mais 18 casos confirmados de coronavírus, totalizando 1.968 pacientes. Até o momento são 69 mortes ‒ outros dois óbitos são investigados ‒, 15.495 notificações, 674 casos descartados, 1.769 recuperações, além de 42 pessoas aguardando resultado dos testes. A taxa de isolamento social no município é de 33% e de letalidade de 3,51%. O ritmo de contágio está em 1,14.

Os dados hospitalares apontam que 20 pessoas estão internadas em UTIs e 38 pacientes se encontram no setor de enfermaria com quadro clínico compatível à covid-19. A taxa de ocupação é de 27% na UTI e 28,1% no setor de enfermaria. Outras 5.384 pessoas foram internadas ou atendidas em hospitais do município com quadro suspeito da doença nos últimos meses.

Comentários
×