Divinaexpo aquece vendas

Jorge Guimarães

A “Cidade do Divino”, antes conhecida como a “Capital da Moda”, agora também é reconhecida dentro e fora do país como a cidade que tem o maior e melhor rodeio do estado. O município, acostumado a ser palco de grandes eventos, entre temáticos ou de entretenimento, tem hoje na Divinaexpo a sua principal festa, que movimenta o comércio e impacta positivamente na economia local.

Turismo

Segundo os organizadores, a festa atrai muitas pessoas de fora, principalmente de grandes centros, onde a cultura country se sobressai. E, a cada ano, o Parque da Divinaexpo é readequado para receber o público com conforto e segurança.

— A cada ano, melhoramos e aperfeiçoamos detalhes para dar qualidade aos participantes, afinal, são nossos “clientes” — destaca um dos diretores da Lucs Promoções, responsável pela parte artística da festa, Pablo Ribeiro.

Economia

A Divinaexpo movimenta vários setores da economia local. Segmentos como bares e hotéis são os que mais lucram, mas empresas de diversos ramos também se beneficiam com a cifra desembolsada por turistas e moradores. O rodeio fomenta ainda o emprego, mesmo que temporário.

— Somente no parque são 200 pessoas trabalhando.  E, durante a realização da festa, cerca de mil atuam em diversos afazeres dentro do evento. E este é o lado social da festa que nem sempre muitos veem — avalia o presidente do Sindicato Rural, Irajá Nogueira.

Lotação máxima

A reportagem entrou em contato com dois hotéis de referência na cidade, ontem pela manhã. E em um deles, na região central da cidade, com 84 apartamentos, as vagas para o sábado, dia 1º, já se esgotaram há alguns dias.

— Para a sexta-feira, as reservas já estão acabando também. A movimentação vai ser intensa a partir da próxima quinta-feira e vai até o domingo pela manhã, quando os hóspedes já começam a retornar para suas cidades de origem. Esperamos uma ocupação de quase 100% a partir da semana que vem — disse o recepcionista Jefferson Silva Barbosa.

Em outro tradicional hotel, localizado também na região central da cidade, com 79 apartamentos, as ocupações já estão no limite a partir da próxima quarta-feira.

— Na quarta, dia 29, temos 50% dos quartos já reservados. Na quinta e sexta-feira, estamos com 80% de ocupação e para o sábado, dia 1º, lotação esgotada. Estamos recebendo muitas solicitações de reservas, o que demonstra que outros hotéis estejam recebendo também esta demanda de quem ainda está em busca de acomodações na cidade, durante a Divinaexpo — avaliou o gerente, Roberto Lima.        

Moda

A moda também pega carona na Divinaexpo. É só andar pelas ruas centrais e ver as vitrines das lojas de calçados todas já alinhadas com a festa. E as botas, mais uma vez, são os destaques para chamar a atenção do público feminino. São de todas as cores, tipos e formatos e para todos os bolsos também.

— Este ano o frio chegou um pouquinho mais tarde e estamos preparados para ele. Trouxemos uma variedade de botas e coturnos nos mais variados estilos. Nossa expectativa é crescer a venda em pelo menos 10% nas próximas semanas — disse o supervisor de vendas da franquia Katuxa Calçados, José Maria Piasse Júnior.

 

 

Comentários
×