Dívida de MG com Divinópolis chega a R$ 65,9 milhões, diz Prefeitura

Da Redação

A Secretaria de Fazenda de Divinópolis anunciou na tarde desta segunda-feira, 21, que elaborou um relatório com a dívida atualizada do Governo de Minas com o município. De acordo com os dados apurados, o governo mineiro deixou de repassar R$ 65,9 milhões até o momento. O maior percentual da dívida é de recursos à área da saúde.

Conforme o relatório da Fazenda, somente nesse setor o governo estadual tem uma dívida da casa de R$ 62,1 milhões com a cidade.

— Somente à Prefeitura, o Estado deixou de passar R$ 54,4 milhões. Com os repasses de média e alta complexidade do Fundo Municipal de Saúde (FMS), a dívida chega a R$ 23,1 milhões. Já para a construção do Hospital Regional, o governo mineiro deixou de repassar R$ 15,9 milhões. Com a atenção básica, a dívida é de R$ 11 milhões — afirma. 

O relatório também revelou dívida com hospitais particulares, casa de apoio e associações que somam R$ 7,7 milhões.

— Outros repasses devidos incluem Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) e já somam R$ 3,2 milhões. Piso mineiro assistencial soma R$ 434 mil e transporte escolar, mais R$ 95,5 mil — pondera. 

Outros lados

Agora fez contato com as secretarias estaduais de Fazenda, Saúde e Educação sobre as informações divulgadas pela Prefeitura de Divinópolis. 

Até a atualização deste texto, às 19h13h, apenas a de Fazenda havia respondido. 

— A Secretaria de Estado de Fazenda esclarece que todos os repasses relativos ao ICMS dos municípios mineiros estão em dia, assim como os repasses referentes ao IPVA — afirma. 

Os demais posicionamentos serão atualizados nesta reportagem tão logo cheguem. 

 

Comentários
×