Dívida aumenta e Estado deve R$ 103,5 milhões a Divinópolis

 

Da Redação 

A Prefeitura de Divinópolis informou que começou o ano com um desfalque de R$ 103 milhões. A dívida atualizada em 3 de janeiro do governo de Minas Gerais com o Município chegou à maior cifra, de acordo com os dados da Secretaria Municipal da Fazenda. 

Em quinze dias, a dívida do governo de Minas com a Prefeitura de Divinópolis saltou de R$ 101,5 milhões, em 19 de dezembro, para R$ 103,5 milhões, em 3 de janeiro; ou seja, avançou 1,9%, de acordo com os dados da Fazenda Municipal.

Quando se compara janeiro de 2018 com o mesmo período deste ano, a dívida do governo mineiro com os cofres municipais saltou 38% em um ano, conforme os números da Fazenda. Sem esses recursos, segundo a Prefeitura, a folha de pagamento de dezembro e o 13º salário dos servidores municipais ficaram prejudicados.

Na área da saúde, o Governo de Minas Gerais deixou de repassar a quantia de R$ 72 milhões para os cofres municipais. Ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) com correções de valor, o governo estadual deve-lhe R$ 19,1 milhões.

Correções e juros do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) somam R$ 11,3 milhões, que o governo ainda não transferiu para os cofres da Prefeitura. Os valores do transporte escolar e do piso mineiro da assistência social chegam a R$ 756 mil, de acordo com os dados fornecidos pela Secretaria Municipal da Fazenda.

Já a atual gestão do governo mineiro, repassou R$ 1,6 milhão do IPVA; R$ 1,4 milhão do ICMS e R$ 915 mil do Fundeb nos primeiros oito dias de 2019.

Comentários
×