Distinção policial é entregue pela primeira vez no interior

 

Gisele Souto 

A Polícia Civil (PC), por meio do 7º Departamento, promoveu na manhã desta sexta-feira, 11, a entrega da Medalha de Distinção Policial Civil. Personalidades políticas como prefeitos e deputados, da segurança como as polícias Militar e Federal, empresários, representantes de entidades, entre outros. 

Além da entrega da honraria, uma medalha e um certificado, foram apresentados números da segurança na região e houve o anúncio de novidades. Representando o comando-geral do Estado, esteve na solenidade o chefe adjunto, Gustavo Lara Pereira. 

Criminalidade  

O chefe do 7º Departamento da PC, Ivan José Lopes, diz que o objetivo é demonstrar de forma singela, mas sincera a gratidão às parcerias que viabilizam a eficiência o trabalho na polícia na região. Ele diz que é o momento de reconhecer o trabalho dos próprios policiais da Civil, das outras forças de segurança, de empresários e instituições, sensibilizados com espírito de dever social.  

Na oportunidade, o delegado apresentou dados que considera positivos referentes à redução da criminalidade em Divinópolis e municípios que compõem o 7º Departamento. 

— Destaco aqui a redução dos roubos, por exemplo, fruto de um trabalho integrado entre as polícias Civil e Militar, com o respaldo do Ministério Público e do Poder Judiciário Estadual, entre outros órgãos do Sistema de Defesa Social — completou.  

1ª vez 

O chefe do 7º Departamento destacou ainda a importância para região, a primeira do interior a promover o evento.  Ele diz se sentir honrado, já que é a primeira vez que o Estado, por meio resolução do Conselho Superior da Polícia Civil, possibilitou que as medalhas fossem indicadas em âmbito regional. 

— Isso nos aproxima da comunidade. São 19 departamentos territoriais no estado, motivo de grande honra — arrematou. 

Reforço  

O chefe adjunto, Gustavo Lara Pereira, diz que é de suma importância homenagear parceiros para a instituição, o que mostra que sociedade quer colaborar com a Polícia Civil ajudando a realizar o trabalho com afinco. Ele revela que está em andamento um concurso para investigadores, num total de 450, passando por treinamento na Academia de Polícia, e alguns deles serão lotados em Divinópolis e região. 

— Para saber quantos virão, é preciso primeiro fazer um alinhamento estratégico para saber quantos e onde eles vão suprir as vagas em aberto — conclui. 

 

Comentários
×