Diretora-presidente do CSSJD, Elis Regina é indicada ao "Oscar da Saúde"

Da Redação

Por um longo período, o Complexo de Saúde São João de Deus (CSSJD) enfrentou dificuldades financeiras e acumulou dívidas. Nos últimos anos, no entanto, o cenário melhorou e o hospital, que antes enfrentava a descrença da população, voltou a ser referência não apenas na cidade, mas também na região. Figura essencial nesse processo de reestruturação é a atual diretora-presidente, Elis Regina Guimarães, responsável por articular recursos e parcerias com outras entidades para transformar o CSSJD em um dos maiores hospitais de Minas Gerais. 

Em reconhecimento a seu trabalho, Elis foi indicado ao prêmio "Oscar da Saúde 2020", que premiará as 100 pessoas mais influentes da década. Organizado pelo Grupo Mídia, o evento tem como objetivo homenagear as personalidades que mais se destacaram ao longo dos últimos dez anos, prestando tributo aos empresários, pesquisadores, executivos, autoridades públicas e profissionais que fizeram a diferença na área da saúde.

— Neste período à frente da instituição, Elis Regina vem trabalhando para assegurar à população dos 53 municípios da Região Ampliada Oeste de Minas um atendimento de qualidade e cada vez mais moderno. Por isso, contamos com o apoio de todos para que mais uma vez, o empenho e dedicação da atual gestão seja reconhecido — celebrou a entidade.

A votação, até o dia 30 de julho, pode ser feita através do: https://eventosgm.grupomidia.com/cem-mais-influentes-saude/#votacao

O resultado será divulgado em 30 de novembro.

Comentários
×