Diocese de Divinópolis convoca fiéis contra legalização do aborto

 

Ricardo Welbert

 A Diocese de Divinópolis, circunscrição eclesiástica da Igreja Católica Romana, convocou os fiéis para um protesto contra a proposta de legalização do abordo no Brasil. A entidade chama o movimento de ato “em defesa da vida”.

Segundo os organizadores, o evento é uma resposta diante da possibilidade de legalização do aborto — tema a ser debatido em uma audiência pública convocada pela ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), para os dias 3 e 6 de agosto. Na ocasião, deverá ser debatida a descriminalização do aborto até a 12ª semana de gestação.

Em um vídeo publicado na internet, o bispo divinopolitano José Carlos de Souza Campos pede que os fiéis pressionem políticos para que votem contra a legalização.

— Incomode os deputados federais e os senadores que você conhece. Essa matéria vai ser votada nessa instância. É preciso que eles saibam que nós, que votamos neles, estamos e somos a favor da vida desde a concepção até a morte natural — diz.

O posicionamento segue a linha de raciocínio católica.

— Nós, como cristãos e Igreja Católica, queremos dizer um “não” ao aborto e um grande “sim” à vida. Vamos rezar pela vida. Deus é capaz de escutar nossa prece e criar meios e situações para que tudo possa convergir para a vida — diz o bispo.

O “Ato em Defesa da Vida” está previsto para começar às 9h, na praça do Santuário, no Centro.

 

Comentários
×