Dilema de Cleitinho: ser ou não ser – I

Bob Clementino 

O deputado Cleitinho Azevedo (CDN) enfrenta nesta eleição de 2020 o seu maior dilema. Se tomar a decisão errada, coloca em risco seu futuro político. Sua família se encantou com a política e, como diz o ditado, “quem nunca comeu melado, quando come se lambuza”. 

É que a mosca azul do poder picou seus irmãos Gleidson e Eduardo. O primeiro quer simplesmente ser o prefeito de Divinópolis; o segundo quer se eleger vereador. A única experiência de Gledson, que quer governar Divinópolis, é a gerência do negócio da família, um varejão de verdura, ou "sacolão". 

Nas redes sociais (reduto da família Azevedo), há muitos elogios a esta pretensão de Gledson e também muita apreensão quanto à sua expertise. Como o varejão pode ser visto como prova da sua capacidade de administração, certamente será investigado e explorado pelos adversários, visando a descobrir o quão bom administrador Gledson é. Entretanto, não é só esse o problema que o deputado Cleitinho vai
ter que encarar.

Dilema de Cleitinho: ser ou não ser – II


Se a candidatura a prefeito de seu irmão Gledson não emplacar, Cleitinho deve sair como candidato a prefeito. Só que ao deputado aparece um grande pepino para descascar: será que lhe convém trair eleitores de mais de 700 cidades que nele votaram e a quem fez promessa de combate diário à corrupção para, em vez de permanecer no cargo de deputado, candidatar-se a prefeito de Divinópolis? E se, por outro lado, o seu irmão Gledson for candidato e não se eleger? Certamente, a aura de vencedor de Cleitinho poderá ficar arranhada. E uma derrota no currículo é tudo que um político não quer. Cleitinho, ser ou não ser?

Ajuda de Domingos a Galileu

O PSDB de Domingos Sávio & cia. parece que não vai lançar candidato a prefeito em Divinópolis. Historicamente, o deputado tucano sempre apoia o prefeito eleito da cidade. Em relação a Galileu, não tem sido diferente. 

No entanto, embora não seja intenção de Domingos ajudar o atual prefeito para eventual reeleição, a liberação dos R$ 16 milhões do programa PAC Saneamento, do governo federal ‒ que o deputado conseguiu para obras de pavimentação e construção de galerias de esgoto e rede de água pluvial nos bairros São Simão, Grajaú,Costa Azul, Terra Azul, Mar e Terra e Jardinópolis ‒ poderá constituir para Galileu um reforço na tentativa de reeleição. Domingos lava as mãos! Para ele, o importante é ajudar Divinópolis.

Bolsonaro, o grande eleitor!


Os pré-candidatos a vereador e a prefeito de Divinópolis, ao pensar suas estratégias de eleição, não podem esquecer que o presidente Bolsonaro obteve, em Divinópolis, 77.001 votos, o que faz dele o grande eleitor nestas eleições de 2020. Ainda mais que as últimas pesquisas mostram um grande crescimento popular do presidente na condução do governo federal. 

 

Vejam os dados:

- Bolsonaro tem aprovação de 65% da população no combate à pandemia, diz pesquisa UOL.
- A aprovação do Presidente Jair Bolsonaro subiu em quase 10% no Nordeste, constatada por pesquisas para a obtenção de números e estatísticas sobre a popularidade do presidente.
A primeira pesquisa foi feita pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) em parceria com a XP Investimentos. O levantamento mostrou que o presidente está com a popularidade em alta. Esse estudo mostrou que ele teve uma melhoria na sua popularidade após o auxílio emergencial e por sua postura perante a pandemia. Além dessa pesquisa, saiu, no 23 de julho, um novo estudo feito pelo DataPoder360, mostrando crescimento na aprovação do presidente Bolsonaro, que agora está em 43%. E entre 21 e 23 de julho, foi publicada a  pesquisa do Paraná Pesquisas que indicou que Bolsonaro lidera todos os cenários de primeiro turno, com percentuais que vão de 27,5% a 30,7% e derrotaria os seis potenciais adversários em um segundo round da corrida ao Planalto em 2022, incluindo ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva. Que os candidatos fiquem atentos a esses dados!

   





Comentários
×