Dia de decisão para o Atlético

José Carlos de Oliveira 

Nunca o Atlético precisou tanto de sua torcida como na noite de hoje, quando faz o duelo de volta contra o Union Santa Fé, pela primeira fase da Copa Sul-americana 2020. Derrotado na partida de ida por 3 a 0, os alvinegros terão que vencer por uma diferença de quatro gols logo mais para passar para a segunda fase ou, no mínimo, devolver o placar e levar a decisão da vaga para a disputa de penalidades máximas.

‘Eu Acredito’

Nunca como agora o ‘Eu Acredito’ da Massa precisou tanto se fazer presente, com o Galo indo a campo para repetir feitos conseguidos em passado recente, quando mudou resultados na Libertadores e Copa do Brasil, que na teoria eram praticamente impossíveis, contra os fortes times do Flamengo e do Corinthians, mas que foram conseguidos com o apoio de seu torcedor.

Diferença

Mas para esta noite há um pequeno detalhe, que muda todo o quadro. Nas temporadas de 2013 e 2014, o time atleticano passava credibilidade para seu torcedor e tinha em seu elenco jogadores que podiam decidir uma partida a qualquer instante, o que não se repete agora.

No papel, o Atlético tem uma equipe infinitamente superior ao adversário de logo mais, mas a dureza é ver que ninguém no time vem jogando bola neste início de temporada. O Galo ainda não se acertou com o venezuelano Rafael Dudamel e terá que tirar leite de pedra para se dar bem logo mais. Essa é a verdade.

Mas dá

Se olharmos apenas para o que podem render os 22 jogadores que estarão em campo hoje, na Arena Independência, até que se poderia cravar o Galo na próxima fase do torneio continental. Time por time, a equipe mineira está anos luz à frente dos argentinos. O problema é que não vem mostrando tudo que pode e sabe em campo.

E aí, nem mesmo a Mãe Dináh pode apostar no resultado da partida. Será um teste para cardíaco esta noite. Se tem problemas no coração, é melhor ficar em casa e nem ir ao Horto logo mais.

Sócios recepcionaram Moreno no aeroporto

O atacante Marcelo Moreno foi recebido com festa pela China Azul na última terça-feira, 18, quando chegou a Belo Horizonte para começar sua terceira passagem pelo clube estrelado. Reforço de peso, que chega para ajudar a Raposa na busca de sua principal objetivo na temporada: o retorno à elite do futebol brasileiro no ano de seu centenário.

Abismo

E não há como não se fazer comparações entre dois ídolos que vestiram a nove do Cruzeiro e ganharam o carinho do torcedor azul em passado recente. Enquanto um (Fred) sai pelas portas do fundo, levando o clube na justiça e de cara virada para a história que construiu por aqui, o outro (Moreno) faz o caminho inverso, abre mão de uma pequena fortuna na China para ajudar na reconstrução do clube que ama.

Reconhecimento

E podem estar cientes todos os envolvidos que nada nesta história ficará debaixo dos panos. Podem se passar anos e até mesmo décadas, e os detalhes serão contados de geração para geração. Que cada um fique ciente do preço a ser pago lá na frente. O galardão somente é dado a quem se faz merecedor dele.

Duelo de invictos no Farião

Sábado de carnaval é, sim, dia de futebol, e o torcedor tem que fazer a diferença nesta hora. O Guarani recebe o Pouso Alegre na tarde deste sábado, 22, no Farião, e conta mais do que nunca com a força das arquibancadas para manter a liderança e os 100% de aproveitamento no estadual.

E sábado, mais do que nunca, esta jovem equipe montada pela diretoria precisa de seu torcedor, empurrando a equipe e sendo o reforço que o Bugre tanto precisa.

Comentários
×