Dia das Mães

Para suavizar nossas vidas, existem as mães que, abnegadas, esquecem a sua própria vida para nos brindar com a delas. Mulheres que se consagram como Maria, a Mãe do Salvador. A cada mãe desejamos felicidades e que Deus as abençoe sempre. Parabéns, mães queridas! 

Invisíveis 

Quem não tem o vil metal passa invisível. A sociedade não orienta; muitas vezes, desorienta. A gente fica perplexa diante das atrocidades que, bem debaixo do nosso nariz, acontecem. É a louca procura da felicidade onde, quem sabe, se voltássemos ao tempo de São Francisco, tudo seria mais fácil. 

Violência  

A violência caminha solta, talvez por causa da insanidade nossa que buscamos essência onde não existe. Não é o poder aquisitivo que nos valoriza e, sim, o humanismo que completa nossos corações sempre solitários. Elis cantava: “A barra do amor é que ele é meio ermo, a barra da morte é que ela não tem meio-termo”. 

Barulho 

As cidades se transformaram em verdadeiros canteiros de obras. Parece uma música louca que preenche todos os espaços e que, somente à noite, silencia. A gente se pergunta o porquê de tanta ânsia pelo bem material, quando, na verdade, a gente nasce e morre só. 

 

VARIADÍSSIMAS 

 

*** O livro "Mosteiro poético", da escritora e teatróloga Cidah Viana, continua fazendo o maior sucesso e nós acompanhamos a trajetória da amiga. *** Quem saiu conosco para um café amigável, no último domingo, foram os amigos Toninho Silva e Rogério Duarte. Nosso abraço. 

*** Recentemente, assistimos à missa no convento das irmãs, no bairro Manoel Valinhas, ao lado de Juvenil Oliveira, Maria José Esteves, Toninha e Conceição Oliveira e, é claro, Toninho Silva. Figuras admiráveis de nossa sociedade. 

 

AFINADÍSSIMAS 

*** Nossos amigos Rodrigo e Carla e as filhas Clarissa e Cecília moram, agora, em Aqua Park Doha, Qatar. 

*** O casal Ruy e Annita Franca e Alva Maria de Souza Lima nos recebeu para um café recentemente e, hoje, ilustram a nossa coluna. 

*** Fica, ainda, a sugestão para que, toda semana, façamos um café comunitário. Por exemplo, uma amiga nos ofereceu um café, quarta-feira, dia 3, em sua casa. Depois contamos os detalhes.  

*** Marta Tavares e Luzia Fonseca e Welber Skaull Tonhá Silva prestigiaram a entrega da moção congratulatória que o vereador Delano Santigado nos outorgou na Câmara Municipal de Divinópolis. 

*** Em casa, temos o privilégio de termos quadro a óleo pintado por Elzalaide Newton Morais, nossa grande amiga.  

*** Em tempo, parabenizamos todos os aniversariantes do mês de maio e as mães pelo seu nobre dia. Que Deus abençoe sempre todos. 

*** Em tempo, queremos mandar um abraço para todas as mães aniversariantes do mês de maio. O nosso carinho imenso. E, hoje, Maria Lúcia e Rogério Duarte ilustram a coluna, em nome de todas as mães e filhos. Salve, salve. 

**** Feliz encontro nosso com Alice Rachid, Maria Aparecida Camargos, Tatipa e esposa, Concita, entre outros no Bazar da Vovó onde, inclusive, vimos estandarte com poema de nossa tia-avó Henriqueta Ferreira. 

*** O casal João Francisco e Marisa Ferreira, ao lado dos filhos Pedro e Rafael Ferreira Rocha e da neta Maria Eduarda, nos recebeu para um almoço gostoso. Família é família: puro carinho. 

*** Zélia Brandão está feliz com seu Brechó Infantil na rua Araújos, 220. Tel.: 3221-7273 ou 98826-7274. 
 
Alfinete 

E a lagoa da Sidil, minha gente? 

Ponto-final 

*** Adquira um exemplar do livro "Mosteiro Poético" no Boutique do Livro. 

*** Aos domingos, vá ouvir histórias e ver as feiras instaladas na pracinha do Santuário e da Catedral. Descontração total. 

*** Conheça novos autores divinopolitanos, visitando a Biblioteca Pública Municipal Ataliba Lago. 

*** Visite o Museu GTO, no bairro Niterói. 

 

Comentários
×