Deputados divinopolitanos tomam posse

Maria Tereza Oliveira

Os representantes de Divinópolis na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) e Câmara de Deputados Federais, tomaram posse. Os mandatos são para as legislaturas 2019/2022.

Cleitinho Azevedo (PPS) trocou a Câmara Municipal pela ALMG. Ele se elegeu deputado estadual com mais de 115 mil votos. Ele foi empossado nesta quinta-feira, 31, em Belo Horizonte.

Domingos Sávio (PSDB) foi eleito para o 3º mandato como deputado. O tucano também já foi prefeito de Divinópolis e deputado estadual. A posse de Domingos aconteceu nesta sexta-feira, 1º, em Brasília.

Cara nova na ALMG

Cleitinho aproveitou sua popularidade nas redes sociais para lançar candidatura ao cargo de deputado estadual. Ao contrário da maioria, ele não gravou propaganda para TV e também não usou muita panfletagem, priorizando a plataforma que lhe fez famoso: a internet.

Como resultado, obteve mais de 115 mil votos nas eleições de 2018 e trocou a Câmara pela ALMG. Ele é o único deputado estadual a ser representante da cidade.

Em entrevista ao Agora, Cleitinho afirmou que, apesar de ter sido eleito para representar Minas por inteiro, irá priorizar Divinópolis.

— Vou entrar com humildade e “pé no chão” porque vou estar ali para produzir para o Estado. Eu sei quais são as prioridades de Divinópolis e estarei lutando por estas questões — prometeu.

O deputado se comprometeu em cobrar do governador Romeu Zema (Novo) que os repasses aos municípios seja regularizado.

— A questão da valorização da classe da educação será uma das minhas bandeiras. Irei lutar para que os professores sejam reconhecidos — afirmou.

Apesar de declarar apoio à classe, Cleitinho também se posiciona a favor do projeto “Escola Sem Partido”, assunto que é criticado pela maioria dos professores.

Sozinho na Câmara

Divinópolis perdeu um representante na Câmara de Deputados. Em 2014, foram eleitos dois deputados federais: Domingos Sávio e Jaime Martins (Pros). Em 2018 porém, Domingos foi o único da cidade a permanecer com a vaga na Câmara de Deputados com 80.990 votos.

— Acho que a cidade perdeu porque eu gostaria que a gente tivesse conseguido eleger pelo menos três deputados federais e três estaduais para trazer mais recursos para a cidade — lamentou.

E continuou:

— Vivemos um momento difícil. Muita gente votou branco ou nulo e acabou atrapalhando na eleição de candidatos da cidade. É importante ter representantes comprometidos com a região — realçou.

Durante a posse, Domingos reiterou o compromisso de continuar trabalhando a favor de Minas Gerais e do Brasil.

— Vou continuar honrando nossa votação, vou legislar e fiscalizar para que nosso país ofereça boas condições para todos os brasileiros — prometeu.

Comentários
×