Demora na substituição de lâmpadas gera reclamações em Divinópolis

 

Ana Laura Corrêa

 Não é difícil encontrar postes de iluminação pública com as lâmpadas queimadas ao andar pelas ruas de Divinópolis.

— De vez em quando, trabalho como taxista no ponto em frente à policlínica, na avenida Getúlio Vargas. Há uns dois anos, o poste próximo ao ponto ficou por muito tempo sem luz — relatou o vendedor Lázaro Alves de Melo.

Ele disse que procurou a Prefeitura, mas a solução para o problema demorou a aparecer.

— Continuamos trabalhando no escuro. Eu e alguns colegas ligamos na Prefeitura, fomos até lá e só diziam que iriam trocar. Demoraram mais de dois meses para solucionar o problema — disse o vendedor.

A demora do atendimento à solicitação é a mesma reclamação feita pelo empresário Clênio de Carvalho, que trabalha na rua Porto Velho, no bairro Manoel Valinhas.

— Tem um poste em frente à minha empresa sem luz e eu solicitei, no protocolo da Prefeitura, a colocação de lâmpada. Já completou um ano que fiz o pedido, mas eles não se preocuparam e não deram nenhum retorno — contou.

Procurada pelo Agora, a Prefeitura declarou que o prazo máximo para a troca de lâmpadas é de sete dias.

Troca 

A Prefeitura informou que a solicitação da manutenção ou troca de lâmpadas pode ser feita por meio do aplicativo para celulares DIV – Iluminação Pública. O programa pode ser baixado gratuitamente e está disponível para dispositivos com sistema operacional Android na Google Play Store.

O serviço também pode ser solicitado, ainda segundo a Prefeitura, por meio do telefone 156, destinado exclusivamente aos assuntos de iluminação pública.

Lâmpadas

 De acordo com dados da Secretaria Municipal de Operações Urbanas (Semop), em 2017, foram trocadas 10.218 lâmpadas.

Já no mês de janeiro deste ano, segundo a Semop, 1.813 lâmpadas foram substituídas. Entre os bairros atendidos estão Jardim das Oliveiras, Candidés, Alvorada, Candelária, Serra Verde, Liberdade, Pacaembu, Santa Luzia, Centro, Ermida, Florermida, Tietê, São Roque, Rancho Alegre, Orion, Interlagos, Comunidade de Buritis, Jusa Fonseca, Padre Eustáquio, Porto Velho, Bela Vista, Belvedere, Dona Quita, Ferrador e Nossa Senhora das Graças. Os dados referentes ao mês de fevereiro não foram divulgados.

 

Comentários
×