Danos dos imbecis

Tudo é motivo de briga! Tudo, mas tudo mesmo! Viver está ficando cada vez insustentável. Viver uma vida em paz, sem se estressar um dia sequer, é impossível. Viver de acordo com os seus pensamentos, com a sua opinião, com os seus valores, isso ficou para trás há muito tempo. Não há um só dia em que não vejamos brigas e mais brigas por aí. Seja por estilo de vida, por opinião política, por religião, pela escolha do time de futebol do coração. Nos tempos atuais, a única saída para ter o mínimo de paz é se fazer de morto.

Diante da atual conjuntura, não tem como não concordar com o escritor filósofo Umberto Eco, que era contra a disseminação da informação. Uma das suas citações mais marcantes, e que consegue nos fazer pensar e repensar sobre o uso irresponsável das redes sociais, é a seguinte: “As mí­dias sociais deram o direito à fala a legiões de imbecis que, anteriormente, falavam só no bar, depois de uma taça de vinho, sem causar dano à coletividade. Diziam imediatamente a eles para calar a boca, enquanto agora eles têm o mesmo direito à fala que um ganhador do Prêmio Nobel”. Sim! As redes sociais deram voz aos imbecis, que se acham intelectuais, que se julgam à altura de um ganhador do prêmio.

E tudo, absolutamente tudo, virou motivo para briga. Todos têm opinião de tudo e sobre tudo. Nada passa despercebido. Nada! Nem que seja para falar asneiras, eles estão lá, os imbecis, que antes não causavam dano à coletividade, e agora causam, causam muitos danos. Expressam-se com vontade, com muita vontade. Falam aquilo que lhes vêm à cabeça, sem ao menos se preocuparem em entender o que estão falando. E acreditam. Acreditam piamente em quase tudo o que lhes falam. Só não acreditam em opiniões que contrariam as suas, mas, de resto, acreditam em tudo, até mesmo em Papai Noel.

Bastou o presidente Jair Bolsonaro (PSL) levantar a suspeita de que Organizações Não Governamentais (ONG’s) teriam iniciado o incêndio na Amazônia, sem qualquer prova, para que seus seguidores começassem a propagar a teoria sem qualquer culpa ou responsabilidade. Sim! Eles acreditaram nisso e ajudam a viralizar a teoria, sem imaginar o dano que podem causar. E isso dá medo. Dá muito medo do tipo de gente que temos no Brasil. A postura se aplica também aos seguidores de Lula (PT). Bastou um dizer que o processo do “Mensalão” era caracterizado pela compra de votos de deputados, em troca de aprovação de projetos de lei que interessassem ao Executivo Federal, para que a teoria se espalhasse, sem qualquer tipo de culpa, sem qualquer tipo de responsabilidade.

E o resultado dos danos que os imbecis têm causado está aí, diante dos nossos olhos. Está aí, nesta realidade dura que precisamos encarar todos os dias. Amazônia em chamas, Judiciário corrompido, o Brasil caminhando para a recessão mais uma vez e o povo apenas brigando, brigando e brigando, sem ao menos se dar conta de que política se resume a: ou você está dentro ou você está fora. Se você está fora, você é meramente massa de manobra, ou um imbecil capaz de causar danos irreversíveis.

 

Comentários
×