Curso treina pessoas para salvamento aqu√°tico

Aulas contam ainda com instrução para o transporte de vítimas; representantes de clubes participam

Da Redação

O 10° Batalhão de Bombeiros Militar com sede em Divinópolis deu início ontem ao Curso de Guarda-Vidas Civil 2019. As aulas práticas e teóricas são realizadas no centro de treinamento da unidade, no bairro Danilo Passos, e contam com uma carga horária de 60 horas e duração de duas semanas.

A meta é capacitar e credenciar os guarda-vidas, funcionários de clubes da região, que deverão atuar estritamente na prevenção de afogamento e salvamento aquático.

Participam 11 guarda-vidas civis dos municípios de Divinópolis, Itaúna, Lagoa da Prata e Santo Antônio do Monte. Seguindo as diretrizes da Portaria 33/2018 do CBMMG, os treinamentos contam com atividades teóricas e práticas de suporte básico de vida, salvamento aquático, movimentação e transporte de vítimas, dentre outras.

Visando combater o alto índice de afogamentos no Brasil, o Instituto de Natação Infantil (Inati) alerta a população para esta triste realidade. Criado em 2012 pelo órgão, novembro é o mês nacional de prevenção dos acidentes aquático. O instituto busca que escolas de natação, academias e clubes sensibilizem seus alunos, associados e população em geral sobre a questão dos afogamentos. Muitas pessoas não sabem, ou nem imaginam, mas esta é uma das maiores causas de morte e outras fatalidades que ocorrem no país ao longo de todo o ano.

— Sempre preocupado com nossas crianças e adolescentes, o Divinópolis Clube abraça e se solidariza com esta causa — destaca o presidente do clube, Mauro Célio de Melo Junior, conhecido como Juninho.

Coment√°rios
×